Guia VAVEL do Brasileirão 2019: Bahia
Arte: Arianna Lacerda / VAVEL Brasil

Guia VAVEL do Brasileirão 2019: Bahia

Com maior folha salarial entre os times do Nordeste e com gestores premiados por gestões transparentes, o Bahia tem a expectativa de brigar por Libertadores no ano de 2019

danrleypascoal
Danrley Pascoal

No seu terceiro ano consecutivo na série A, o Bahia estreia no dia 28 de abril contra o Corinthians na Fonte Nova. Nesta temporada existe uma grande expectativa sobre o clube. Isso não acontecia desde que foi bicampeão em 1988, no ano de 2019 se espera que o time brigue no auto da tabela.

Muito pela gestão financeira do clube e pelas contrações que realizou até o início do Brasileirão. Aqui você verá alguns destaques do tricolor, tudo que você precisa saber sobre o Bahia e como o Esquadrão chega para estreia encontrará no texto abaixo.

Escalação

O Bahia chega para o Brasileirão com uma base muito boa e com muitas opções para que o técnico Roger monte um excelente time. Com Douglas machucado, Anderson deve iniciar o campeonato como titular.

A escalação base do tricolor é formada por Anderson; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Ernando e Moisés; Gregore, Elton e Ramires; Arthur Caike, Artur e Gilberto (Fernardão). Roger ainda tem no banco jogadores de raro talento como o atacante Rogério, o volante Nilton e o meia Shaylon da base do São Paulo.

Foto: Divulgação/EC Bahia
Foto: Divulgação/EC Bahia

Destaque: Fernandão

Com 32 anos e tendo sido a contratação mais cara da história, Fernandão sem dúvidas é o principal nome do elenco do Bahia. Numa negociação estimada em 4,5 milhões de reais chegou com pompas ao clube. Com passagens por Palmeiras, Athlético/PR e Fenerbahçe, esta é a segunda passagem do centroavante pelo tricolor, na primeira em 41 jogos foram 18 gols marcados. 

Fernandão no treinamento (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)
Fernandão no treinamento (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

Fique de olho: Eric Ramires

O nome do elenco profissional do tricolor de aço para ficar de olho no Brasileirão é do meia Eric Ramires, já no início do ano despertou interesse de Corinthians, Palmeiras, Flamengo e Santos. Com rara facilidade para defender e chegar ao ataque, o jovem meio-campista é a maior revelação dos últimos tempos da base do Bahia, o posicionamento em campo e leitura de jogo são o seu diferencial.

Segundo alguns jornalistas de Salvador, Ramires tem potencial para superar Anderson Talisca o último grande jogador a surgir com a camisa do Esquadrão.

Meia Eric Ramires (Foto: Divulgação/EC Bahia
Meia Eric Ramires (Foto: Divulgação/EC Bahia

Técnico: Roger Machado

Ex-lateral e multi-campeão pelo Grêmio na função, Roger Machado começou a carreira de técnico no Juventude/RS em 2014. Em 2015 assumiu o Grêmio no lugar de Felipão, no time gaúcho teve seu melhor desempenho como treinador, não venceu nenhum título mais o time do sul apresentava um futebol vistoso.

Também teve passagens por Atlético/MG e Palmeiras, porém nesses clubes não teve bons trabalhos, mesmo tendo sido campeão mineiro em 2017. A expectativa é de que no Bahia Roger consiga mostrar o repertório técnico que o fez ser elogiado por Tite, na opinião do treinador da seleção brasileira Roger Machado é um dos melhores treinadores da nova geração. 

Foto: Divulgação/EC Bahia
Foto: Divulgação/EC Bahia

Arena Fonte Nova

O Bahia mandará seus jogos na Arena Fonte Nova, desde que foi reconstruído para a Copa de 2014 o time atua no estádio. Com capacidade para quase 48 mil pessoas a Fonte Nova sempre foi a casa do tricolor de aço, nos piores e melhores momentos da história do clube, seja na nova arena ou no antigo estádio que foi construído em 1951, a Fonte Nova  marcou gerações de tricolores.

Foto: Divulgação/itaipavaarenafontenova.com.br
Foto: Divulgação/itaipavaarenafontenova.com.br

Posição em 2018

Em 2018 o Esquadrão terminou o Brasileirão em 11º lugar com 48 pontos somados. Foram 39 gols marcados e 41 sofridos. Com 42% de aproveitamento o Bahia venceu 12 partidas, empatou outras 12 e perdeu 14 jogos.  

Foto: Divulgação/Felipe Oliveira / EC Bahia
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Expectativa para 2019

Com um elenco recheado de boas opções e com um treinador com potencial para fazer o time praticar um bom futebol, o Bahia pode ser a surpresa do Brasileirão 2019 e despontar como um dos times que eventualmente brigue por G6 e quem sabe no fim da competição garantir uma vaga na Libertadores. Apesar de ter decepcionado sua torcida não chegando nem nos mata matas da Copa do Nordeste, com o trabalho feito pelos dirigentes tricolores a massa do Esquadrão sabe que o time pode ir longe em 2019. 

Com uma gestão premiada nacionalmente pela transparência, os atletas e comissão técnica sabem que vestir a camisa do Bahia e representar a torcida no Brasileirão por todo respaldo da diretoria tem tudo para terminar com bons resultados e conquistas.

Foto: Divulgação/EC Bahia
Foto: Divulgação/EC Bahia

 

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo
CHAT