Guia VAVEL do Brasileirão 2019: Santos 
Arte: Arianna Lacerda/VAVEL Brasil

Guia VAVEL do Brasileirão 2019: Santos 

O que se espera do time da Vila Belmiro para o Brasileirão?

vv_cunha
Victor Cunha

O octacampeão do Brasileirão disputa, mais uma vez, a Série A do Campeonato Brasileiro. Nunca rebaixado, o Santos, que não vence a competição desde 2004, vem forte para o campeonato que terá início no próximo sábado (27). O time da Vila fará sua estreia no domingo (28), jogando fora de casa, contra o Grêmio, às 11h.

Escalação

O time do Peixe tem sido muito variável nos últimos jogos, com muitos jogadores entrando e saindo do time titular. Considerando isso, o time que deve iniciar a competição nacional é: Vanderlei, Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Diego Pituca; Alison, Carlos Sánchez e Jean Mota; Soteldo, Rodrygo e Derlís González.

Jogadores do Santos comemorando o gol da equipe (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Jogadores do Santos comemorando o gol da equipe (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Destaque

De praticamente negociado a pilar do time, o meio campista Jean Mota tem sido o principal jogador do elenco da baixada. Com 7 gols e 2 assistências no Campeonato Paulista, para efeito de comparação, o meia-artilheiro tem sido um dos principais jogadores dos comandados de Sampaoli. Com uma qualidade de passe que não havia apresentado ainda, o jogador soma muito vindo de trás dos zagueiros para criar as jogadas na intermediária. Porém ele não para por aí. O meia pisa muito dentro da área adversária e mostrou no Campeonato Estadual um poder de fogo imenso, sendo um dos artilheiros da equipe.

Jean Mota se preparando para o chute, que resultaria em gol (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Jean Mota se preparando para o chute, que resultaria em gol (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fique de olho

Yeferson Soteldo é o ponta esquerda tão pedido por Sampaoli. O baixinho de 1,60m veste a tão pesada camisa 10 do Santos, de Pelé. Mas isso não o intimidou. O atacante mostrou qualidade técnica com muitos dribles e criação de jogadas e gols. Em 16 jogos, o atacante somou 3 gols e vem ganhando espaço. Com apenas 21 anos, ele chega como um dos destaques santistas que podem evoluir muito dentro do Campeonato Brasileiro.

O camisa 10 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
O camisa 10 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Sampaoli com o Santos

Jorge Sampaoli. O técnico santista tem nome, carisma e, além de tudo, identificação. Com um jogo propositivo, pra frente e sempre ao ataque, Sampaoli logo conquistou a torcida santista com a irreverência de seu time ao tratar a bola. Com um dos melhores ataques do Campeonato Paulista, o Santos de Sampaoli joga de forma arrojada e brincalhona, improvisando dentro do que é treinado pelo técnico que prioriza o ataque e encanta não só aos torcedores do time da Vila, e sim ao grande público no geral.

O time do argentino joga de um modo diferente do habitual em terras da seleção canarinho: Os pontas abrem perto das laterais, seus laterais jogam por dentro, como volantes. Seus meias tem liberdade criativa de se posicionar dentro ou fora da área, tudo isso em um grande carrossel de movimentações e muita pressão ao adversário, que sofre contra a equipe santista. Apesar disso, toda essa pressão tem suas falhas. O time por muitas vezes joga aberto na defesa, proporcionando contra-ataques dos adversários, que renderam algumas derrotas no Paulistão.

Profe! (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Profe! (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Bem-vinda de volta, Vila Belmiro!

A saudosa Vila Belmiro está de volta! No dia 20 de janeiro o Santos anunciou que seu estádio passaria por reformas. Desde então, o clube ficou sem jogar em seu alçapão, reestreando apenas no dia 11 de abril, quando venceu o Atlético Goianiense por 3 a 0. Com a Vila Belmiro mais uma vez reformada e pronta para uso, o Peixe tem a sua casa para o Brasileirão 2019. No estádio cabem 16.068 pessoas ao todo.

O lendário alçapão (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
O lendário alçapão (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Um 2018 não tão bom

O Santos, no Campeonato Brasileiro do ano passado, ficou apenas na 10ª posição, com 50 pontos. Dentro das 38 partidas disputadas no Campeonato, o Santos venceu 13, empatando 11 jogos e perdendo 14. Com 46 gols na competição, o Peixe foi o 7º ataque da competição, ficando na posição junto com o São Paulo. Na defesa, o time da Vila não foi tão bem assim, tendo sofrido 40 gols, sendo a 9ª melhor defesa do Campeonato. A 10ª posição credenciou o time à jogar a Sul-Americana, mas a equipe de Sampaoli acabou sendo eliminada pelo River Plate do Uruguai, na primeira rodada.

Vitória x Santos pelo Brasileirão 2018 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Vitória x Santos pelo Brasileirão 2018 (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Onde pode chegar?

O Santos terá como principal objetivo neste Campeonato Brasileiro se provar um time competitivo em desafios maiores do que o Campeonato Estadual. Considerando elenco próprio e de seus adversários, o Santos deve brigar por uma vaga na pré-Libertadores. Caso melhore ainda mais seu desempenho em frente aos melhores elencos do país, o clube da baixada deve e pode realmente conseguir uma vaga direta para a Libertadores de 2020.

Carlos Sánchez, um líder técnico do time (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Carlos Sánchez, um líder técnico do time (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
VAVEL Logo
CHAT