Fred marca de pênalti, Cruzeiro empata com Atlético-MG e conquista bicampeonato Mineiro
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Fred marca de pênalti, Cruzeiro empata com Atlético-MG e conquista bicampeonato Mineiro

Atlético sai na frente, mas Fred marca no final e garante o título do Campeonato Mineiro de 2019 para a Raposa

lucas-bastos
Lucas Bastos

Torcida celeste faz festa em BH! Cruzeiro é campeão mineiro pela 38ª vez, após empate contra o Atlético-MG, no Horto, na noite desse Sábado (20). Apesar de fazer pior campanha que o rival, o time estrelado decidiu na fase final, venceu o primeiro jogo por 2 a 1, no Mineirão, e garantiu o empate de 1 a 1, no Independência na segunda partida. O bicampeonato consecutivo foi conquistado de maneira invicta, com dez vitórias e cinco empates em 15 partidas. O time comandado pelo técnico Mano Menezes foi o melhor ataque, com 37 gols.

Início alvinegro

Os 45 minutos iniciais da decisão foi bem equilibrado. Buscando o resultado a todo momento o Atlético foi pra cima. Logo aos 5' já criou a primeira chance de perigo. Geuvânio cruza na área e Ricardo Oliveira finaliza no travessão. Na sobra Luan bate cruzado para fora. O Cruzeiro deu a resposta em um contra-ataque perigoso. Marquinhos Gabriel chega bem na linha de fundo e cruza, na tentativa do corte Igor Rabelo manda contra a própria meta. A bola também tocou no travessão.

Apesar de ambos os times criarem boas oportunidades foi o Galo que inaugurou o placar. Aos 29 minutos Elias faz 1 a 0. Após grande jogada de Ricardo Oliveira e boa defesa de Fábio, a bola sobrou alta, no meio da área para o volante atleticano, que concluiu de cabeça. O goleiro celeste ainda fez uma excelente defesa na finalização de Geuvânio de fora da área, no fim da etapa inicial.

Raposa busca resultado e permanece invicta

O segundo tempo veio e o Atlético voltou mais defensivo enquanto o Cruzeiro, que precisava de um gol e foi pra cima, mas não obteve sucesso. Quando o jogo já caminhava para o fim, Pedro Rocha, após excelente jogada individual, invadiu a área. Leonardo Silva corta, porém a bola toca no braço do zagueiro. Após consulta ao VAR, o árbitro Leandro Bizzio Marinho foi à beira do gramado para analisar o lance e decidiu marcar o pênalti. O artilheiro do campeonato, Fred deslocou Victor e empatou o jogo aos 34 minutos e fez gol do título. O Galo ainda tentou uma última pressão com bolas alçadas na área, mas sem perigo.

Craque & Artilheiro

O centroavante Fred "balançou o coração" dos cruzeirenses em 12 oportunidades. Com a incrível marca de 12 gols em 12 jogos, se sagrou artilheiro e craque do torneio. Ele já havia sido o maior marcador da competição nos anos de 2005, também pela Raposa, e 2017, vestindo a camisa do Atlético.

Próximos jogos

As duas equipes entram em campo na terça-feira pela Libertadores. Às 17h (de Brasília), o Cruzeiro enfrentar o Deportivo Lara na Venezuela. Às 21h30, o Galo recebe o Nacional, do Uruguai, no Mineirão. Os dois times estreiam no Campeonato Brasileiro no próximo sábado. O Atlético recebe o Avaí, enquanto a Raposa vai ao Rio duelar com o Flamengo.

VAVEL Logo