Invicto! Cruzeiro derrota Deportivo Lara e lidera grupo na Copa Libertadores
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Invicto! Cruzeiro derrota Deportivo Lara e lidera grupo na Copa Libertadores

Com um gol a cada tempo, Raposa fica cinco partidas sem levar gol na competição continental

izabellefranca
Izabelle França
Deportivo LaraSalazar, Jefre Vargas, Di Giorgi, Miers e Aponte; Yriarte (Otero), Manzano, Centeno; Di Renzo, Frutos (Vargas) e Moreno
CruzeiroFábio, Orejuela, Léo, Dedé, Dodô, Henrique, Lucas Silva, Rafinha (David), Marquinhos Gabriel Thiago Neves (Jadson), Fred (Sassá)

Nada de ressaca do título do Campeonato Mineiro! O Cruzeiro venceu o Deportivo Lara por 2 a 0, nesta terça-feira (23), no estádio Metropolitano, pela 5ª rodada da Libertadores. Os gols da Raposa foram marcados por Fred e Sássá, de pênalti.

O triunfo marca cinco jogos sem sofrer gols na competição continental. Líder do Grupo B, o time celeste já está classificado para a próxima fase, com 15 pontos. Do outro lado, o Depor é o segundo colocado, com 5.

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro     

Assim que o cronômetro marcou um minuto, o time Rojinegro ficou fechado.  A Raposa trocava passes em busca de achar a melhor oportunidade. Aos 5', Egídio tentou cruzamento, mas foi travado por Vargas e faturou o escanteio. Marquinhos Gabriel cobrou, Léo cabeceou na segunda trave, mas a bola foi para fora.

Aos 15', Rafinha alçou para Orejuela, que ganhou de Di Renzo, mas foi derrubado. O lateral pediu pênalti, porém, o juiz mandou seguir. Com amplo domínio celeste, Lucas Silva assustou o goleiro. O camisa 16 recebeu na intermediária e bateu no canto e Salazar espalmou.

O time da casa conseguiu chegar ao campo ofensivo aos 28'. Manzano arriscou de fora da área, mas acabou errando o alvo. Diferentemente de Fred. Dois minutos depois, Thiago Neves tocou para o camisa 9, que recebeu na entrada da área, driblou o zagueiro e mandou no ângulo. 1 a 0.


Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro   

A Raposa resolveu tirar o pé na volta do intervalo. Sendo assim, o Deportivo Lara agradeceu e chegou com mais perigo ao gol. Aos 12', Manzano avançou pela direita, alçou para Vargas, Dedé se antecipou e afastou.

Marquinhos Gabriel tabelou com Fred, que devolveu na área. O meia limpou a marcação e mandou uma bomba, mas Salazar fez grande defesa. Tentando buscar o empate, Vargas fez lançamento, Moreno se desvencilhou da zaga celeste e arrematou por cima da meta de Fábio.

Aos 31, Lucas Silva alçou para  Marquinhos Gabriel, que tocou  bem para Jadson. Miers chegou de carrinho e derrubou o volante na área: pênalti. Sassá foi para a cobrança e colocou com categoria no fundo das redes. 2 a 0.

VAVEL Logo