Guia VAVEL do Brasileirão 2019: São Paulo 
Arte: Arianna Lacerda / VAVEL Brasil

O torcedor são-paulino já está com saudades de soltar o grito de “campeão”, principalmente se viveu o tempo de glória e por três anos seguidos viu seu time conquistar o Campeonato Brasileiro (2006,2007 e 2008).  Em 2018, foi por um triz que a taça não voltou para o Morumbi. Alguns culpam diretoria por um planejamento ruim. Outros preferem dizer que foi falta de sorte.


Após ser desclassificado na pré-libertadores, e ver o técnico André Jardine cair do comando com apenas 19 jogos, nem o mais confiante torcedor imaginava a reviravolta que teria pelos lados do Morumbi. Cuca foi contratado, mas como se recuperava de uma cirurgia no coração, Vagner Mancini assumiu o time e ficou responsável pelo final da fase de grupos do Paulistão. Foi no sufoco, mas o time conseguiu se reerguer e, aos poucos, criar uma identidade. 


O time aguerrido conseguiu chegar na final do Campeonato Paulista e, para isso, deixou o forte elenco do Palmeiras para trás. Nos pênaltis, Tiago Volpi brilhou e o time chegou à final após mais de 15 anos. Diante do Corinthians, não conseguiu fazer um bom resultado no Morumbi (0 a 0) e a decisão foi em Itaquera. A estrela de Antony até brilhou e o menino fez um gol. O jogo estava encaminhando para os pênaltis quando aos 43 minutos do segundo tempo, Vagner Love marcou um gol e acabou com o sonho Tricolor.


Os torcedores não reclamaram, pelo contrário, elogiaram a postura do time que conseguiu crescer quando foi necessário. Ainda tem muito o que melhorar, mas o que todos querem ver, é o Tricolor Paulista de volta aos tempos de glória. Agora, com uma confiança maior nos “meninos de Cotia”, o São Paulo pode voltar a sorrir e brigar pelo título Brasileiro de 2019.

Escalação

Foto: Rubens Chiri / São Paulo
Foto: Rubens Chiri / São Paulo

Para esta temporada, o São Paulo contratou dois grandes ídolos da torcida: Hernanes e Alexandre Pato. Também com reforços como: Tchê-Tchê, Pablo e Victor Bueno. Mas a grande aposta do Tricolor para este ano são os meninos da base: Liziero, Luan, Igor Gomes e Antony são as sensações do momento. A posição que mais preocupava era na questão de goleiros, que desde que Rogério Ceni aposentou, não teve um em que o torcedor confiasse, por esse motivo os diretores do São Paulo conseguiram trazer Tiago Volpi, que foi destaque pelo Queretaro, do México. O time base para essa temporada será: Volpi; Hudson (que se encontrou jogando na lateral), Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo; Luan, Liziero (Tchê Tchê), Igor Gomes (Hernanes); Antony, Pato (Everton) e Pablo

Destaque: Tiago Volpi

Foto: Paulo Pinto / São Paulo
Foto: Paulo Pinto / São Paulo

É injusto eleger um destaque individual para o São Paulo, afinal, se conseguiram chegar à final do Paulistão, foi devido um bom conjunto de obras. É injusto, até mesmo, destacar apenas os meninos da base, quando se tem um goleiro do nível de Tiago Volpi. Ele chegou para suprir uma carência que o torcedor sofre desde que Rogério Ceni se aposentou. Volpi é bem seguro nos jogos que faz, além de ser pegador de pênaltis (tem 28 defendidos em sua carreira), e foi fundamental para chegar na final do estadual.

Fique de olho: Luan

Foto: Paulo Pinto / São Paulo
Foto: Paulo Pinto / São Paulo

Luan é um jogador jovem, de 19 anos, mas que vem surpreendendo a todos com a bola no pé. É primeiro volante e tem bom poder de marcação, devido ao seu condicionamento físico. Muito veloz e com boa saída de bola, comanda bem o meio, e, apesar da pouca idade, já mostrou que tem muita calma e tranquilidade toda vez que é acionado. 

Técnico: Cuca

Foto: Renata Damásio
Foto: Renata Damásio

Alexi Stival, mais conhecido como Cuca, é o técnico do Tricolor para a atual temporada. O comandante tem um currículo extenso como treinador e ganhou seu último brasileiro com o Palmeiras em 2016. Não é a primeira vez que o treinador vai comandar o Tricolor do Morumbi. Em 2004, ele chegou até as semifinais da Libertadores, quando viu o São Paulo ser eliminado pelo Once Caldas. A passagem foi curta, por conta de brigas com a diretoria, mas, ele foi responsável pela contratação de Fabão, Grafite e Danilo, que levaram o São Paulo à conquista da Libertadores e do Mundial em 2005. Em 2012 conseguiu o título estadual pelo Atlético-MG e, no ano seguinte, foi campeão da Libertadores, também pelo Galo. Cuca é conhecido por montar elencos fortes, nem sempre erguendo canecos. Ele gosta de usar e abusar de cruzamentos na área adversária, uns ousam chamar o método de “cucabol”. 

Estádio: Morumbi

Foto: Divulgação / São Paulo
Foto: Divulgação / São Paulo

Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, é a casa do São Paulo. Tem capacidade para mais de 60 mil pessoas e fica localizado em um bairro nobre de São Paulo. Antigamente, o estádio era palco dos maiores clássicos da cidade e eram permitidas duas torcidas, tornando o Morumbi um verdadeiro caldeirão com muita festa e torcida meio à meio. O campo mede 108,25 metros de comprimento por 72,70 metros de largura. Com diversas cabines para rádio e TV, pontos para bebidas e lanches, mais de 50 banheiros e um centro médico com cinco ambulâncias de plantão.

Posição em 2018

Foto: Rubens Chiri / São Paulo
Foto: Rubens Chiri / São Paulo

O São Paulo liderou boa parte do brasileiro em 2018, mas, quando mais foi preciso, perdeu peças essenciais e passou a ser derrotado em jogos importantes, inclusive dentro de casa. Isso prejudicou o time, que começou a ver seus rivais vencendo partidas e deixando-os para trás. Seria campeão, mas terminou a competição em quinto lugar, sem classificação direta para a Libertadores.

Expectativa para 2019

Foto: Rubens Chiri / São Paulo
Foto: Rubens Chiri / São Paulo

Após chegar na final do Paulistão deste ano, de um modo sofrido, existe uma grande expectativa para a competição nacional. A diretoria contratou peças importantes, incluindo cinco atletas que já foram campeões nacionais: Tchê-Tchê, Biro-Biro, Hernanes, Willian Farias e Everton, além de ter à disposição Pato e Pablo, jogadores essenciais para ajudar no ataque, que às vezes sofre por não ter um matador.

VAVEL Logo