Despedida de Juan e vitória de virada: Flamengo bate Cruzeiro na estreia do Brasileiro
(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Despedida de Juan e vitória de virada: Flamengo bate Cruzeiro na estreia do Brasileiro

Bruno Henrique brilhou, Gabigol marcou e Juan deu adeus ao futebol; Raposa perdeu a primeira no ano

yannrodrigues
Yann Rodrigues

Que noite para os flamenguistas no Maracanã! Despedida do ídolo Juan, vitória de virada e estreia com o pé direito no Campeonato Brasileiro. Diante do Cruzeiro, o Flamengo conseguiu a vitória por 3 a 1 com dois gols de Bruno Henrique e um de Gabriel Barbosa. Pedro Rocha marcou para os visitantes. 

A primeira etapa foi muito brigada, agitada, com faltas e um jogo muito corrido. Bruno Henrique teve a primeira chance após passe de peito de Arrascaeta, mas na hora da finalização acabou sendo travado pela zaga cruzeirense, que atenta conseguiu impedir o primeiro gol do jogo.

Aos 39 minutos, Pedro Rocha abriu o placar no Maracanã. A Raposa puxou contra-ataque, Fred lançou o camisa 32 que invadiu a área sozinho e, na frente de César, teve frieza para deslocar o goleiro e balançar o barbante pela primeira vez na noite. 

Não deu muito tempo de comemorar. No minuto seguinte, Bruno Henrique empatou o jogo. Everton Ribeiro cruzou, Bruno Henrique subiu mais alto que Dedé, Fábio e Murillo, desviou e ainda precisou atacar a bola novamente para poder, enfim, deixar tudo igual no Mário Filho. 

No início da etapa final, Gabigol teve uma grande chance após erro de Fred. Arrascaeta bateu escanteio, Murillo tirou mal, Fred não conseguiu cortar e Gabigol emendou um sem pulo lindo, mas a bola resvalou nas costas do atacante do Cruzeiro e bateu na rede pelo lado de fora. 

De tanto insistir, Bruno Henrique foi ao gol novamente, virando a partida no Maracanã. Gabigol recebeu de Arão, fez a parede e tocou de calcanhar para o volante. Na linha de fundo, o camisa 5 rolou para trás e o atacante do Mais Querido finalizou, e ainda contou com desvio de Dedé, para marcar seu segundo gol na noite. 

Praticamente no último lance do jogo, Gabriel Barbosa fechou o caixão. O camisa 9 iniciou o contra-ataque lançando Bruno Henrique, o ponta deixou Dedé na saudade, finalizou, Fábio deu rebote e o próprio Gabigol entrou com bola e tudo. 

Nos acréscimos, Abel Braga promoveu uma substituição que marcou o jogo. Everton Ribeiro deu vaga a Juan, que nos minutos finais foi ovacionado a cada toque na bola e respeitado pelos atletas do Cruzeiro, que não pressionaram o ídolo rubro-negro. 

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (1º), quando visita o Internacional, às 21h30, no Beira-Rio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. No mesmo dia, a Raposa recebe o Ceará, às 19h15, no Mineirão.

VAVEL Logo