Após quase deixar o Santos, Eduardo Sasha ressurge: "Espero poder ajudar muito mais"
(Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Após quase deixar o Santos, Eduardo Sasha ressurge: "Espero poder ajudar muito mais"

Atacante marcou contra o Grêmio, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro

samuel-de-oliveira
Samuel Oliveira

Eduardo Sasha tem bons motivos para começar o Campeonato Brasileiro comemorando. O atacante, que quase foi negociado por recomendação do técnico Jorge Sampaoli, foi uma das peças fundamentais na vitória do Santos em cima do Grêmio por 2 a 1, no último domingo (28).

Apesar das muitas tentativas do clube paulista em negociá-lo,  Sasha não aceitou sair. As chances do retorno se deram após Bruno Henrique sair do Peixe rumo ao Flamengo. A lacuna fez com que abrisse um espaço no banco de reservas.

"É difícil chegar no início do ano e receber uma notícia dessas, mas eu sabia que eu ainda poderia mostrar meu futebol e preferi ficar para mostrar que poderia ajudar. Aos poucos o Sampaoli foi vendo isso e eu fui ajudando. Ontem fui coroado com um gol", comemora Sasha.

O atacante ainda destaca o esforço que fez durante o período em que estava encostado no clube.

"Ninguém chega ao Santos à toa, todos têm potencial para ajudar. Continuei trabalhando como sempre fiz, seguindo horários e treinos, e isso foi abrindo caminho pra mim. Espero poder ajudar muito mais ainda.", destaca.

Apesar da boa partida que fez, Sasha deve voltar ao banco de reservas para o duelo contra o Fluminense, quinta-feira às 19h, na Vila Belmiro.

VAVEL Logo