0-1, min. 8, Raphael Veiga; 1-1, min. 62, Matheus Savio
CSA e Palmeiras ficam no empate em jogo disputado no Rei Pelé
Foto: Divulgação / Palmeiras

CSA e Palmeiras ficam no empate em jogo disputado no Rei Pelé

Partida foi travada e teve poucas chances de gols. Verdão saiu na frente, mas Azulão buscou empate na segunda etapa

wesley-silva
Wesley Silvali
CSAJailson; Mayke, Antonio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Thiago Santos, Moisés (Matheus Fernandes, min. 81) e Lucas Lima; Hyoran (Felipe Pires, min. 77), Raphael Veiga (Carlos Eduardo, min. 61) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari
PalmeirasJordi; Apodi, Gerson, Luciano Castan e Armero; Naldo (Leandro Souza, min. 81), Bruno Ramires (Dawhan, min. 65), Madson, Maidana (Matheus Savio, min. 24) e Didira; Cassiano. Técnico: Marcelo Cabo
INCIDENCIASCampeonato Brasileiro, segunda rodada. Estádio Rei Pelé

CSA e Palmeiras se enfrentaram, na tarde desta quarta-feira (1), no Estádio Rei Pelé, em Alagoas, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Brigado e muito truncado, o jogo terminou empatado por 1 a 1, com gols de Raphael Veiga para os paulistas, logo aos oito minutos, e de Matheus Sávio, que empatou para os alagoanos no segundo tempo.

Empatar deixa o Palmeiras na liderança parcial desse início de campeonato, agora com 4 pontos. O CSA soma seu primeiro ponto, e deixa lanterna e zona do rebaixamento de uma só vez.

Dominante, mesmo fora de casa, o Palmeiras foi para cima e empurrou o CSA para seu campo de defesa. Efetivando o bom começo, o Verdão abriu o placar rápido. Aproveitando passe de Hyoran, Raphael Veiga bateu bonito na bola e saiu para o abraço. O gol acalmou o ânimo dos visitantes e deixou o jogo mais morno. Emoção, apenas na bola parada. Sem ter tantas chances, o CSA quase conseguiria empatar, mas a falta de Matheus Sávio teve como destino a trave.

O segundo tempo apresentou um mandante mais disposto a colocar ordem em sua casa. Querendo tirar a má impressão depois de ser goleado na estreia, o Azulão atacou mais e passou a ter, enfim, um volume de jogo desejado pela sua torcida. A recompensa chegaria aos 17 minutos. Depois de insistência, Matheus Sávio acertaria chute forte e indefensável para Jailson, motivo de grande festa no Rei Pelé.

Após empate, as equipes continuaram travando um duelo equilibrado e de poucas chances. Madson quase virou para o CSA, enquanto Carlos Eduardo perdeu ótima oportunidade após tentar encobrir o goleiro Jordi. No fim, o 1 a 1 acabou ditando uma partida que foi, acima de tudo, equilibrada.

O Palmeiras entra em campo novamente no próximo sábado (4), contra o Internacional, às 19h, no Allianz Parque. Já o CSA, recebe o Santos, no dia seguinte, às 16h.

VAVEL Logo