Contraprova confirma presença de cocaína no metabolismo de Gonzalo Carneiro
Foto: Rubens Chiri/ São Paulo FC

Contraprova confirma presença de cocaína no metabolismo de Gonzalo Carneiro

Suspenso preventivamente, uruguaio  terá que aguardar julgamento para saber punição 

leticia-denadai
Leticia Denadai

A Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) confirmou, nesta quarta-feira (1), que o exame de contraprova de Gonzalo Carneiro ratificou a presença de metabólitos de cocaína no metabolismo do jogador. 

O doping havia sido realizado antes da partida contra o Palmeiras, no dia 16 de março. A informação saiu no dia 22 de abril e Carneiro pediu uma contraprova para tentar provar inocência. 

Com isso, ele está suspenso preventivamente de qualquer atividade profissional. O julgamento deve demorar de cinco a seis meses. O último caso de doping no Brasil foi com o jogador Diego Vitor, do Santos, e ele pegou pena de dois anos fora dos gramados. 

Carneiro chegou ao São Paulo em abril de 2018, com contrato até março de 2021. Segundo seu empresário, Carneiro está com depressão. 

VAVEL Logo