Fábio tem grande noite, pega pênalti e Cruzeiro bate Ceará pelo Brasileiro
Foto: Vinnícius Silva/Cruzeiro

Fábio tem grande noite, pega pênalti e Cruzeiro bate Ceará pelo Brasileiro

Goleiro fez grandes defesas e fechou o gol para garantir a primeira  vitória celeste

jullianapaulino
Julliana Paulino

Em jogo animado e com grandes oportunidades, o Cruzeiro superou o Ceará dentro de casa em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Conquistando os primeiros três pontos na competição em placar de 1 a 0, com direito a gol do camisa 10, Thiago Neves

O time visitante até tentou - e muito, mas o goleiro Fábio estava em uma noite de inspiração e acabou com o desejo do Vozão de ir embora de Minas Gerais com o triunfo na bagagem. Logo nos primeiros minutos de jogo o alvinegro já chegou com perigo, Leandro Carvalho finalizou, mas a bola desviou na defesa e foi para a linha de fundo. 

Aos 14, o Árbitro de Vídeo (VAR) entrou em ação após lance de finalização do Ceará. Carleto chutou forte ao gol e a bola desviou no braço de Lucas Romero. Após análise, o juiz retornou ao gramado sinalizando pênalti a favor do Vozão. Mas o goleiro celeste acertou o canto e espalmou a bola ao cair para a esquerda: 0 a 0. 

Após a defesa do pênalti, o time da casa cresceu na partida e passou a pressionar o Ceará. Com 24 minutos, Thiago Neves recebeu e finalizou a gol, mas Diogo Silva foi bem para salvar os visitantes. Aos 26, Robinho passou a bola entre a marcação para Fred, que chutou, mas Luiz Otávio apareceu para travar o atacante. 

Ainda antes do fim da primeira etapa, o Cruzeiro ainda assustou mais o adversário. David pegou rebote após chute de Fred, finalizou de canhota e viu a bola ir para fora em lance perigoso. Pouco depois, Edilson arriscou de longe e mandou direto na trave, Diogo se apressou e segurou firme. 

E o Ceará apareceu no finalzinho do segundo tempo para assustar a Raposa, Leandro Carvalho chutou com força, a bola sofreu um desvio que obrigou Fábio a fazer uma excelente defesa. No rebote, Ricardo Bueno passa para Chico finalizar, mas o auxiliar levanta a bandeira afirmando impedimento em Bueno. 

No segundo tempo, não demorou muito para o Cruzeiro abrir o placar. Logo aos quatro minutos, Robinho mandou para o gol e Diogo Silva fez boa defesa, mas Thiago Neves apareceu na área para empurrar a bola e balançar as redes: 1 a 0.  

Após abrir o placar, o time estrelado  precisou contar com os milagres de Fábio para se manter na frente. Aos 27, Carleto passa para Ricardo Bueno, que sai da marcação e tenta cabeceio, mas o arqueiro celeste se estica para evitar o gol. 

Quase no final da segunda etapa o árbitro ouviu orientações do VAR novamente, desta vez, a dúvida era sobre provável pênalti em cima de Roger. Mas o juiz não quis sequer analisar o lance no monitor e mandou o jogo seguir. Aos 43, Roger cabeceou na trave e Bergson pegou o rebote na pequena área, mas o arqueiro celeste salvou mais uma. 

Sem novas alterações no placar, o Cruzeiro garantiu os três pontos em cima do Ceará. O Vozão entra em campo novamente contra o Atlético-MG no próximo sábado (04), às 21h. Já o próximo compromisso celeste é contra o Goiás no próximo domingo (05), às 16h.  

VAVEL Logo