Roger aponta falta de efetividade e descontrole na derrota para Botafogo
Roger Machado comenta sobre os gols tomados pelo Tricolor na virada diante do Fogão. (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Roger aponta falta de efetividade e descontrole na derrota para Botafogo

Tricolor saiu na frente do Fogão, no entanto, tomou a virada ainda na primeira etapa

lucas_s
Lucas Santana null

Após a derrota diante do Botafogo por 3 a 2 na noite desta quinta-feira (2), no Estádio Nilton Santos, o técnico Roger Machado comentou sobre o revés ao final da partida. Para o comandante, a falta de pressão após o gol marcado e, também, a perca de controle, foram determinantes para a virada do Glorioso.

"No calor do jogo é difícil, melhor sempre é rever para conseguir apontar com mais propriedade. Porém, nós perdemos o jogo por 20 minutos do primeiro tempo. Depois do nosso gol, a gente perdeu o controle do meio, onde a gente vinha bem forte (...) Posteriormente, a gente continua entrando de forma posicional, sem pressionar, e aí o adversário conseguiu levar para o nosso campo novamente. Quando há gol, sempre há qualidade do adversário, há equívocos do técnico, do tático (...) Foi isso que aconteceu", ponderou.

Além disso, Roger comentou os gols do Fogão, o perigo das bolas paradas do adversário e o crescimento de produção do Tricolor no segundo tempo, onde conseguiu chegar ao segundo gol, mas não empatou.

"A gente salientou que a bola do João Paulo é de tempo, que era importante nossa linha não ficar afundada no goleiro, que a gente conseguisse atacar a bola. Teve o rebote e o fato da gente não estar afastado da pequena área deu condição para concluir. O segundo, numa transição do nosso ataque que o adversário chegou com superioridade. No terceiro, erro individual. No segundo tempo voltamos inteiros e numa melhor sorte teria sido empate. A gente não sairia frustrado como a gente saiu", disse.

O próximo compromisso do Bahia será no próximo domingo (5), às 19h, na Fonte Nova, diante do Avaí.

VAVEL Logo