Após nova derrota, Diniz mantém confiança
em seu estilo de jogo: “Estamos no caminho certo”
FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Após nova derrota, Diniz mantém confiança em seu estilo de jogo: “Estamos no caminho certo”

Treinador também falou sobre o Cruzeiro, adversário do Tricolor nas oitavas da Copa do Brasil

jessicaalbuquerque
Jéssica Albuquerque

O treinador Fernando Diniz concedeu entrevista após a derrota para o Santos por 2 a 1 nesta quinta-feira (02), na Vila Belmiro. Apesar do segundo resultado negativo seguido no Campeonato Brasileiro, o comandante elogiou a equipe. Com o resultado, o Fluminense caiu para a 19ª posição na tabela e segue sem somar pontos após duas partidas disputadas.

Foi um time corajoso, soube jogar e marcar. A gente falhou em erros infantis de passe, e sofremos com as transições do Santos, que são fortíssimas. Precisávamos ser um pouco mais agudos para chegar e matar nas chances que a gente teve. De maneira geral, o time se comportou bem”.

Quando questionado sobre seu estilo de jogo, Diniz afirmou que já rendeu coisas boas e irá render mais para frente. Ainda segundo ele, a forma de atuar traz mais benefícios.

Eu não controlo o resultado da partida. Estou fazendo o trabalho com tudo o que eu tenho para oferecer. Não vou colocar pressão em cima dos jogadores. Tenho que deixar os jogadores seguros, porque estamos no caminho certo”.

Diniz comentou sobre o interesse do Tricolor no volante Yuri, do Santos, de 24 anos. O atleta, inclusive, ficou fora da partida para resolver a situação.

É um jogador muito técnico, corajoso para jogar. Agora, depende das negociações com o Fluminense. Mas é um jogador que eu gosto e todos sabem disso”.

A partida marcou o duelo com Jorge Sampaoli, que assumiu a equipe do Santos neste ano. Diniz elogiou o técnico argentino e afirmou que foi um bom jogo.

É uma grande alegria ter um treinador do nível dele no Brasil e jogar contra ele. Estamos lutando por um futebol melhor e bem jogado. O jogo foi bom, com alternativas do início ao final. Para quem veio assistir, foi uma partida agradável”.

Sobre a postura da equipe, Diniz negou que o time tenha jogado recuado na primeira etapa. Além disso, lamentou que as chances do Santos tenham surgido em erros do próprio Fluminense.

Não achei que o time jogou recuado no primeiro tempo. O time pressionou, e o Santos não saiu construindo praticamente nenhuma vez. As chances do Santos foram em marcação lá na frente e em erros nossos, mas o time saiu para o jogo”.

Esta foi a segunda derrota no campeonato e a terceira seguida – antes do início do Brasileirão, a equipe foi derrotada pelo Santa Cruz. Diniz não caracterizou a sequência como uma má fase e falou sobre a volta de Pedro.

Acho que se o resultado fosse outro não haveria essa discussão. Não acho que seja um problema de criação. Estamos colocando em campo os melhores jogadores que estão à disposição. Temos todo o cuidado com o Pedro porque está voltando de uma lesão importante”.

Nesta quinta-feira o Fluminense conheceu seu próximo adversário na Copa do Brasil. Trata-se do Cruzeiro e a primeira partida será disputada no Rio de Janeiro, ainda sem data definida. Fernando Diniz falou sobre o duelo.

O Cruzeiro tem um dos maiores orçamentos do Brasil. Talvez o time que tenha mais equilíbrio seja o Cruzeiro. Pegamos um adversário duro, mas achamos que o Fluminense pode passar. Vamos fazer o máximo possível”.

Já no Campeonato Brasileiro, o Fluminense encara o Grêmio, no próximo domingo (05). Sobre a possibilidade da equipe gaúcha utilizar os reservas, Diniz afirmou que de qualquer jeito será uma partida difícil.

Até mesmo o time reserva não dá para dizer que é reserva. Qualquer time que o Grêmio colocar em campo vai ser um time forte” finalizou.

O Tricolor fará em São Paulo sua preparação para a partida contra o Grêmio, no próximo domingo (05). O confronto será na Arena do Grêmio, às 19h (de Brasília) e é válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo