Em jogo tenso, Sampaio Corrêa e Botafogo-PB ficam no empate pela Série C
Foto: Elias Auê/Sampaio Corrêa

Sampaio Corrêa e Botafogo-PB empataram em 1 a 1 na tarde deste sábado (4), no estádio Castelão, em São Luís. O confronto aconteceu pela segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Ulisses marcou o gol da Bolívia Querida e Fábio Alves fez pelo Belo.

As duas equipes voltam a jogar no meio da semana. O Sampaio Corrêa, nesta terça-feira (7), recebe o Confiança em duelo válido pelo confronto de volta da Pré-Copa do Nordeste. O Botafogo-PB, por sua vez, segue sem vencer na Série C, mas, na próxima quinta-feira (9), enfrenta o Náutico pela semifinal da Copa do Nordeste.

Gols, expulsões e confusão

A partida começou num ritmo frenético. O Sampaio Corrêa foi ao ataque e logo abriu o placar. João Paulo avançou e cruzou para Ulisses. O atacante tricolor aproveitou e empurrou a bola para as redes no primeiro lance do jogo.

Após o gol sofrido, o Botafogo-PB demonstrou superioridade e quase empatou quando Marcos Vinícius arriscou um bom chute, obrigando Andrey a fazer uma grande defesa. Porém, aos 32 minutos, o árbitro marcou pênalti quando o goleiro do Sampaio Corrêa derrubou Dico na área. Fábio Alves cobrou e deixou tudo igual.

Quando a primeira etapa chegava na sua reta final, Felipe Dias cometeu falta em Juninho e foi expulso. No último lance, Bruninho chegou forte em Lula e também recebeu cartão vermelho do árbitro Daniel Silva. A torcida do Sampaio Corrêa protestou contra as expulsões, assim como jogadores e comissão técnica. O policiamento foi chamado para evitar maiores confusões.

Ataque contra defesa

Jogando com dois homens a mais em campo, a tendência era de um segundo tempo com o Botafogo-PB pressionando o Sampaio Corrêa em busca da vitória. Entretanto, o que aconteceu foi um jogo equilibrado, sem grandes chances de gol.

O Belo esbarrou no mesmo problema do início da temporada: os erros ao tentar furar uma retranca adversária. Na melhor chance da equipe paraibana, Neílson recebeu na área e bateu firme, mas Andrey fez uma bela defesa e evitou a virada alvinegra.

Antes do apito final, o Botafogo-PB chegou pelo alto. Kelvin fez boa jogada pelo lado e efetuou um cruzamento para Lula. O zagueiro do Belo testou firme, mas a bola saiu pela linha de fundo sem levar perigo a Andrey e mantendo a igualdade no placar.

VAVEL Logo