Rodrigo Santana comemora terceira vitória seguida do Atlético-MG: "Teve maturidade"
(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

O Atlético-MG bateu o Ceará em Fortaleza por 2 a 1 e é líder do Brasileiro, com 9 pontos e 100% de aproveitamento. Comandante interino da equipe, Rodrigo Santana revelou em entrevista coletiva após a partida que o empate poderia ter sido bom resultado.

"A equipe teve maturidade para sair atrás do placar e conseguir rapidamente o empate. Corrigimos no intervalo e crescemos no segundo tempo. Poderíamos ter valorizado o escanteio no último minuto, mas a gente acreditou. Viemos com a intenção de buscar os três pontos e acabamos saindo feliz com essa vitória", disse.

Durante a partida, Rodrigo surpreendeu e escalou o meia Nathan na armação. O jogador acabou fazendo o primeiro gol e saindo elogiado. Em seguida, o treinador promoveu a entrada do volante Jair, que fez o gol da vitória no último minuto do jogo. Perguntado sobre méritos, o comandante destacou o coletivo dos atletas.

"Vejo o coletivo. A gente vê que não tem nenhum jogador que está sendo o melhor disparado nas partidas e sim o grupo. Eu acho que a forma que eles estão se doando está muito importante. Eu estou cansado dessa viagens, imagina eles correndo 12km por partida", afirmou.

Três jogos, três vitórias. Feito que o Atlético-MG nunca alcançou no início do Campeonato Brasileiro em sua história. Questionado de como vê uma chance de efetivação, Rodrigo Santana despistou e pregou paciência.

"O meu relacionamento com a diretoria é muito bom e tranquilo. Eu não tenho pressão do meu lado, em termos, e eles me dão total liberdade para trabalhar à vontade. Da mesma forma que eu converso com eles também. É importante ter um líder, um treinador experiente da altura do clube. Eu estou procurando desenvolver o meu melhor, estou começando minha carreira apesar de ter oito anos como treinador. Eu treinava time pequeno, então pra mim isso tudo está sendo muito novo", finalizou.

A comissão técnica e elenco se prepara agora para uma logística complicada até à Venezuela, onde o Galo encara o Zamora na terça-feira (7), às 18h30, pela Libertadores, em busca de uma vaga para Copa Sul-Americana. Pelo Brasileirão, a equipe volta a campo no próximo domingo, em Belo Horizonte, contra o Palmeiras.

VAVEL Logo