Chapecoense marca no fim e garante empate contra o Athletico pelo Brasileiro
Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Chapecoense marca no fim e garante empate contra o Athletico pelo Brasileiro

Rony entrou para deixar o time visitante na frente e Everaldo marcou no final para a Chape 

jullianapaulino
Julliana Paulino

Em jogo animado e equilibrado, a Chapecoense começou atrás, mas arrancou o empate contra o Athletico nos minutos finais da partida com direito a gol de um dos artilheiros do campeonato. O jogo foi válido pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro

O Verdão começo apostando nas jogadas pelas laterais do campo, investindo no ataque. Mas o Athletico era quem detinha a maior posse de bola e foi quem assustou o adversário primeiro, aos 25, quando Cirino pedalou na frente da defesa, chutou, mas a bola ficou na marcação. 

A Chape pressionava, chegava bem, mas a segunda oportunidade do jogo também veio do Furacão. Aos 33, Léo Pereira recebe o passe e arrisca o chute de fora da área, a bola passa perto do gol de Tiepo. No lance seguinte a Chape tentou jogada semelhante com Campanharo

O time da casa investiu e cresceu no jogo, mas logo aos 38 perdeu o camisa 10 da equipe. Gustavo Campanharo ficou caído no chão e precisou ser substituído com dores na virilha, além do meia, o jovem Régis também passou mal e precisou sair. Sem alterações no placar, a primeira etapa terminou com 0 a 0.

Quem começou pra cima no segundo tempo foi o Verdão do Oeste, Everaldo fazia presença na área adversária e incomodava a defesa do Furacão. Mas a grande oportunidade veio aos 8 minutos e foi para o time visitante, Cirino ficou livre da marcação na grande área, mas isolou a bola ao tentar o chute.

Everaldo voltou a incomodar aos 12 minutos, quando Alan Ruschel buscou o contra-ataque e lançou para o centroavante. O jogador dominou no peito e chutou, fazendo a bola passar tirando tinta da trave. E o Furacão respondeu na jogada seguinte, onde Cirino assustou o goleiro Tiepo, mas a bola também saiu pela linha de fundo. 

Além dos dois jogadores que saíram alegando dores pelo Verdão, Renato também ficou caído no gramado e precisou ser substituído. No momento da troca, o Furacão também mexeu e Rony entrou pelo Athletico após saída do atacante Brian Romero

Após mudanças, a Chape fez o goleiro Santos se esticar para salvar o time visitante após duas finalizações boas do Verdão. Mas quem balançou as redes foi o Athletico, quando Rony avançou na marcação e chutou forte para deixar o Furacão na frente: 1 a 0.

Mas a Chapecoense não desistiu e o atacante Everaldo voltava a incomodar na área do rubro-negro. Aos 43, o meia Diego Torres chutou forte de fora da área e Santos espalma a bola, no rebote, o centroavante Everaldo chega para mandar a bola no fundo das redes: 1 a 1. 

Após vibração da Arena Condá, o Verdão saiu em busca de virar a partida ainda nos minutos finais, Bruno Silva tentou em jogadas individuais, mas não assustou os adversários. Aos 49, o Furacão aproveita o passe errado no meio-campo e deixa Rony de frente para Tiepo, que sai do gol para garantir o empate para a Chape. 

Minutos depois o apito sinalizava o fim do jogo, tudo igual na Arena Condá. Com o resultado, o Athletico fica provisoriamente na quinta colocação, enquanto a Chape está na sexta. O próximo compromisso do rubro-negro no Brasileirão é contra o Bahia no domingo (12), já o Verdão entra em campo no mesmo dia, contra o Flamengo às 11h. 

VAVEL Logo