Cruzeiro vence Goiás no Mineirão e e chaga ao milésimo ponto no Campeonato Brasileiro
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Cruzeiro vence Goiás no Mineirão e e chaga ao milésimo ponto no Campeonato Brasileiro

Em jogo bem disputado no primeiro tempo, um domínio celeste no segundo e com 1 a 1 no placar, Rodriguinho aparece na área e toca de cabeça para garantir a vitória cruzeirense

dantonmartins
Danton Campos

 O Cruzeiro bateu o Goiás por 2 a 1 com gols de Dedé e Rodriguinho e manteve os 100% de aproveitamento em casa. A equipe esmeraldina diminuiu com Michael. A vitória cruzeirense foi a milésima da equipe na história dos pontos corridos.

Os primeiros dez minutos de partida foram muitos disputados. A equipe esmeraldina tentou povoar o meio de campo e neutralizar as principais jogadas no meio de campo cruzeirense. Aos poucos o time celeste foi tomando o controle da partida, e aos onze minutos em uma boa jogada pelo lado direito, quase abriu o placar com Pedro Rocha.

A partida continuou com um domínio estrelado, porém não conseguia criar boas chances para abrir o marcador. Em algumas jogadas de contra-ataque, o Goiás tentava assustar o gol do goleiro Fábio, mas sem nenhum sucesso. 

O segundo tempo começou diferente. O Cruzeiro foi pra cima e logo aos 3' perdeu uma chance clara com Dedé, de cabeça. No minutos seguinte, o zagueiro cruzeirense subiu muito e dessa vez conseguiu colocar a bola na rede. 1 a 0 Cruzeiro. A equipe celeste continuou pressionando para fazer o segundo gol. Em dois  chutes de fora da área o goleiro Tadeu conseguiu fazer duas boas defesas e impedir que o placar fosse ampliado. Aos 13', em boa jogada de Giovanni Augusto, Barcía finaliza de primeira e Fábio salvou, mas no rebote Michael bem posicionado conseguiu empatar o jogo.

Com a partida novamente empatada, o Goiás se fechou mais no campo de defesa, e o Cruzeiro com dificuldade de de criar, levava perigo apenas com chutes de fora da área. Robinho aos 17 e Thiago Neves aos 33, assustaram o goleiro Tadeu. Os mineiros continuaram pressionando e aos 36, Egídio cruzou na área e Rodriguinho completou de cabeça para colocar 2 a 1 no placar. Com a vantagem no placar, o Cruzeiro valoriza a posse de bola e fazia o tempo passar. Aos 45 em um vacilo celeste, a bola sobrou dentro da área para Brandão, que pegou mal na bola e jogou pra fora. Sem mais sustos, o Cruzeiro prendeu a bola até o apito final.

VAVEL Logo