Em tarde dos goleiros, CSA e Santos empatam sem gols pelo Brasileirão
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Em Alagoas, no Estádio Rei Pelé, o CSA enfrentou o Santos pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo muito igual e com um destaque grande para os dois goleiros, o resultado final foi 0 a 0.

O jogo foi muito movimentado. O Santos tinha as rédeas da partida, mas o CSA não deixava a desejar quando chegava ao ataque. Até por conta disso e pelo alto número de finalizações, os goleiros foram destaque do jogo

Vanderlei e Jordi salvam seus times

Aos 11, o Santos teve a chance de abrir o placar com Gustavo Henrique, que subiu sem marcação no escanteio de cabeceou para o chão, em cima do goleiro. 8 minutos depois, Victor Ferraz desceu pela direita e cruzou para Eduardo Sasha cabecear para fora.

Com 25, o CSA chegou pela primeira vez, com Apodi, que arrancou sozinho, ganhou na corrida dos defensores e bateu cruzado, para uma boa defesa de Vanderlei.

Com 34 minutos, o Santos teve as duas chances mais claras do primeiro tempo. Rodrygo recebeu dentro da área, pela esquerda e bateu forte, em cima do goleiro Jordi. No rebote, Jorge bateu forte também, cruzado, para Jordi espalmar a bola ainda pegar na trave.

Logo com 4 minutos do segundo tempo, Jorge cruzou da direita e quase colocou no gol, mas Jordi deu um tapinha nela e tirou pra escanteio.

Com 6 minutos, Cassiano recebeu uma bola de Dawhan e bateu forte e nas redes, mas pelo lado de fora, tirando um quase grito de gol do torcedor que viu as redes balançarem.

Aos 19 minutos, Jean Mota bateu de fora da área e obrigou Jordi a voar para salvar o CSA do gol que abriria o placar! Já aos 31, Jorge levantava a bola na área pra Rodrygo, sem ângulo, chegar batendo e obrigado Jordi a pegar no susto.

Aos 35, Didira lançou Vítor Paraíba, que saiu cara a cara com Vanderlei, driblou o goleiro e bateu na rede pelo lado de fora, perdendo o que era até o momento, a melhor chance da partida. E, aos 41, Vítor Paraíba foi lançado e cara a cara com Vanderlei, sem ângulo, bate em cima do goleiro santista, que salva o Peixe.

Com 46 minutos, no meio da bagunça dentro da área, Soteldo tentou o chute e acertou o poste que segura as redes atrás do gol, tirando um "uuh" da torcida santista e assustando Jordi.

O CSA volta aos gramados no próximo domingo (12), às 19h, quando visita o Avaí. O Santos volta a campo também no próximo domingo, mas às 16h, recebendo o Vasco. Ambos os jogos são válidos pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo