Renato critica desatenção do Grêmio após virada sofrida: "Nos acomodamos"
(Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA)

Após uma noite incrível na Arena do Grêmio, o Tricolor gaúcho foi derrotado pelo Fluminense, 5 a 4, na 3ª rodada do Campeonato Brasileiro, e segue na 18ª posição, com 1 ponto. Após abrir 3 a 0 com 22 minutos, a equipe de Renato Gaúcho cedeu uma virada incrível, e inimaginável, já que era dona da partida até então. O treinador criticou essa desatenção dos jogadores:

"O que ocorreu é que nos acomodamos. Paramos de competir. Começamos competindo, jogando. Quando tivemos a diferença, pensamos que não precisávamos mais correr. Futebol não é assim, tem 90 minutos e pagamos. Nós somos os culpados. E quando falo do grupo, eu me incluo. Não adianta achar culpado. Nós somos. Ponto. Próxima".

A arbitragem do paulista Raphael Claus, que marcou um pênalti de Kannemann para o Flu, mas não marcou um suposto pênalti para o Grêmio no último lance não foi alvo de críticas de Renato. Pelo contrário, o treinador continuou mostrando irritação com os próprios erros da equipe gaúcha:

"Às vezes três, quatro, dão mole, acham que não precisa mais fazer o que foi determinado porque está 3 a 0 e sobrecarrega todo mundo. O primeiro (gol) foi um achado, o segundo falhamos e seguimos falhando. Quando você tem tantas (falhas), paga por elas. Hoje foi inadmissível. Perdemos por 5 a 4 e demos mole demais. E elogio toda a arbitragem. Estiveram todos bem".

Responsável por uma falha feia no segundo gol carioca, Julio César não foi crucificado pelo técnico na coletiva. O goleiro teve a culpa dividida com toda a equipe pelo comandante, que garantiu não querer dar ''desculpa'' para a derrota:

"Não podemos colocar a culpa só na falha dele (do goleiro Julio Cesar). A falha foi de todo mundo. Falei para eles: 'Não é o Grêmio que está perdendo o jogo'. Mas não conseguimos ter o foco no decorrer do jogo. Não vou ficar individualizando A, B ou C. Sempre procuro fazer o melhor trabalho com o meu grupo. Não adianta a gente ficar dando desculpa. Esse é um papo meu com meu grupo".

O Tricolor gaúcho agora muda o foco para a Libertadores, onde enfrentará a Universidad Católica-CHI, na Arena, nessa quarta-feira (8) às 19h15. O Grêmio joga pelo empate para se classificar no Grupo H, considerado um dos mais complicados do torneio continental.

VAVEL Logo