Rodrigo Santana vê derrota do Atlético-MG como injusta e pede cabeça erguida: "O Galo é grande"
Foto:Bruno Cantini/Atlético-MG

Rodrigo Santana vê derrota do Atlético-MG como injusta e pede cabeça erguida: "O Galo é grande"

Interino aposta na experiência nos jogadores para as próximas partidas e realça que o alvinegro vai com tudo para a Sul-Americana

hiquesilvestre
Henrique Vigliotti

Após a derrota por 2 a 0 sofrida no Mineirão contra o Palmeiras, o técnico do Atlético-MG, Rodrigo Santana, comentou que tudo poderia ser diferente caso o Galo ficasse à frente no placar primeiro e ainda destacou que o resultado não foi dos mais justos.

"Faltou pra gente o gol. Estava tudo muito tranquilo, muito seguro. O jogo estava controlado no primeiro tempo. Não vejo o 2 a 0 como o placar mais justo".

Projetando a sequência da temporada o interino disse que a equipe não deve abaixar a cabeça e sim focar nos próximos jogos que serão pesados segundo ele.

"Fizemos quatro vitorias seguidas, não empolgamos. Agora não vamos abaixar a cabeça. Temos uma sequência pesada, jogos grandes, mas também temos jogadores grandes, experientes, que todos querem. O Galo é grande, forte. Confio que vamos fazer bons jogos".

Após uma dura eliminação na Libertadores o Alvinegro terá agora a Sul-Americana para ser disputada e o treinador considera a competição muito importante para o ano atleticano.

"É importante, mais um atalho pra Libertadores. O Atlético tem que entrar pra brigar pelo título em todas as competições. O grupo está unido, fechado e tem essa consciência. No momento da Sul-Americana vamos com tudo também".

VAVEL Logo