Em duelo de gigantes, Cruzeiro precisa mostrar bom futebol para vencer River Plate
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Em duelo de gigantes, Cruzeiro precisa mostrar bom futebol para vencer River Plate

Apesar de bom retrospecto contra os argentinos, Raposa vem de uma sequência de falhas e sete gols sofridos pelo Campeonato Brasileiro

izabellefranca
Izabelle França

Dono da segunda melhor campanha geral da fase de grupos da Copa Libertadores, o Cruzeiro vai em busca do tricampeonato, mas para isso terá que mostrar suas forças logo nas oitavas de final, já que encara o River Plate, da Argentina. 

A equipe cinco estrelas tem um retrospecto favorável em cima dos adversários. São 14 jogos com 10 vitórias da Raposa e quatro do Milionário. Contudo, as lembranças precisam ficar para trás. Apesar da boa campanha na primeira fase da competição continental, os comandados de Mano Menezes terão que mostrar um bom futebol. Desde a estreia do Campeonato Brasileiro, o rendimento caiu e o time está com falhas no ataque e principalmente defensivas. Ao todo foram sete gols sofridos, tendo duas derrotas por 3 a 1.

Com dificuldades de virar quando possui resultado adverso, o zagueiro Dedé até frisou após a derrota para o Internacional que não é normal a situação do Cruzeiro.

"Não é normal nosso time tomar tantos gols. O nosso time sabe trabalhar em conjunto, mesmo quando em dificuldades. Vamos corrigir, é uma fase, uma tempestade que atingiu a Toca, mas vamos fazer de tudo para que ela passe logo”.

Em contrapartida, o atual campeão triunfou apenas duas vezes na Libertadores. Para virar a chave, o time mineiro vai com força máxima para a Copa do Brasil e melhorar o desempenho no Brasileiro para quebrar o jejum de 42 anos em cima de clubes argentinos - desde 1977 a Raposa  consegue passar na fase mata-mata.

VAVEL Logo