Duelo decisivo: Náutico e Campinense se enfrentam nos Aflitos pelo Pré-Nordestão
Foto: Lucas Lemos/Náutico

Duelo decisivo: Náutico e Campinense se enfrentam nos Aflitos pelo Pré-Nordestão

Raposa precisa apenas de um empate, enquanto o Timbu necessita da vitória para garantir a presença na Copa do Nordeste 2020

rafaelalvesgomes
Rafael Alves
NáuticoBruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Hereda (Josa); Jiménez, Luiz Henrique e  Jhonnatan; Thiago, Odilávio e Wallace Pernambucano. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.
CampinenseWagner Coradin; Gustavo, Henrique Mattos, Richardson e João Victor; Ferreira, Negretti, Vitor Maranhão e Romeu; Erivan e Lopeu. Técnico: Francisco Diá.
INCIDENCIASPartida de volta pela Pré-Copa do Nordeste; Estádio dos Aflitos.

Náutico e Campinense se enfrentam nesta quarta-feira (15), às 21h30, no estádio dos Aflitos, em Recife, em jogo válido pela segunda partida da Pré-Copa do Nordeste. Quem vencer o confronto garante vaga na fase de grupos do torneio regional da próxima temporada.

A equipe da casa precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para se classificar no tempo normal. Caso ganhe por apenas um gol de vantagem, o Náutico leva a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. O Timbu vem de derrota para o Ferroviário na Série C e terá a reestreia do técnico Gilmar Dal Pozzo.

Já o Campinense, por sua vez, também vem de derrota. A Raposa, no último domingo (12), foi derrotada em casa pela Jacuipense-BA, em jogo válido pela Série D. O resultado de hoje decide o futuro do técnico Francisco Diá, que ainda não decidiu se permanece ou não no clube.

É hora de reagir

A situação do Náutico não anda bem. Na última semana, a equipe alvirrubra foi eliminada da Copa do Nordeste pelo Botafogo-PB e derrotada em casa pelo Ferroviário no Campeonato Brasileiro. Os maus resultados acarretaram na saída do técnico Márcio Goiano. Para substituí-lo, a diretoria do Timbu apostou no retorno de Gilmar Dal Pozzo.

O treinador, que assumiu a equipe ontem, faz mistério na escalação. Entretanto, o Náutico segue com desfalques. Jorge Henrique, Danilo Pires e Maylson seguem se recuperando de lesão. Além deles, o lateral-esquerdo Assis é dúvida para o jogo desta noite. Em contra partida, Fernando Lombardi pode estrear e  Jhonnatan tem chances de fazer sua primeira partida como titular.

Assim, o provável time titular do Náutico para esta noite conta com Bruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Hereda (Josa); Jiménez, Luiz Henrique e  Jhonnatan; Thiago, Odilávio e Wallace Pernambucano. Gilmar Dal Pozzo, em sua apresentação, comentou o seu retorno e planeja um bom jogo diante do Campinense.

"Agora estou motivado, com faca nos dentes, mas de forma equilibrada. Precisamos de estratégia. A bola não pode queimar no pé. Espero que a gente tenha lucidez para fazer um grande jogo".

Turbulência e incerteza

Se o Náutico não vem bem, a situação do Campinense pode ser considerada como bem mais grave. A torcida da Raposa está na bronca com o técnico Francisco Diá, que ainda não decidiu sobre sua permanência no clube, e a atuação contra a Jacuipense-BA revoltou os adeptos.

Passando por uma grave crise financeira, o time paraibano enxerga o jogo desta noite como um divisor de águas para os cofres do clube na próxima temporada. Além disso, a partida também decide se Diá fica ou não no comando do Campinense na sequência da temporada.

A equipe titular deve contar com Wagner Coradin; Gustavo, Henrique Mattos, Richardson e João Victor; Ferreira, Negretti, Vitor Maranhão e Romeu; Erivan e Lopeu. Antes do embarque para Recife, o goleiro rubro-negro falou que está ciente da dificuldade do jogo desta noite.

"Eu acho que a gente está ciente que será uma das partidas que eu vou ser mais exigido ao nosso favor porque eles vão vir pra cima, não só para tentar ir para os pênaltis, mas tentar matar o jogo. O pensamento deles, com certeza, deve ser esse".

VAVEL Logo