Diego Souza enaltece Barroca e ignora jejum de gols: "As coisas vão acontecer naturalmente"
(Foto: Divulgação/Botafogo)

Diego Souza enaltece Barroca e ignora jejum de gols: "As coisas vão acontecer naturalmente"

Desde que chegou ao Botafogo, atacante só balançou as redes em uma oportunidade

samuel-de-oliveira
Samuel Oliveira

A seca de gols não preocupa Diego Souza. O camisa 7 tem apenas um gol em dois meses pelo Botafogo, contra a Portuguesa, no dia 21 de março, pelo Estadual. Perguntado sobre o jejum, o jogador frisou que o mais importante é o resultado coletivo, uma vez que o clube carioca engata uma boa sequência de vitórias no Brasileirão.

"Estamos em uma fase de adaptação ainda. Tenho algumas chances, mas cada um tem seu papel. Em alguns jogos, vou fazer o trabalho sujo para que outros possam marcar. Não estou preocupado com isso, quero ganhar. Sei da minha capacidade, e as coisas vão acontecer naturalmente"

Enquanto não encerra o jejum, o jogador afirma que ajuda a equipe em outras funções, como armar jogadas na entrada da área.

"Faço o trabalho de meia às vezes para o Pimpão e para o Erik. Não dei muitas assistências, é verdade, mas fiz jogadas importantes. Ele me dá liberdade total para jogar assim".

Diego aproveitou a coletiva para elogiar o trabalho de Eduardo Barroca. Contratado após a demissão de Zé Ricardo, o treinador tem três vitórias e apenas uma derrota no comando da equipe.

"Com tudo que aconteceu no início do ano, 2019 poderia ser um desastre. Mas está apenas começando. É uma equipe em reformulação, com novos jogadores. Às vezes você sai precocemente de uma competição, mas foi bom porque deu tempo para trabalhar e organizar. O Barroca conseguiu encontrar um padrão de jogo, deu confiança a quem precisava e fez um jogo bem jogado. O torcedor hoje está feliz com o que tem visto em campo. Time com personalidade com a bola, consegue envolver os adversários e os resultados tem aparecido".

Perguntado sobre o Goiás, próximo adversário do Glorioso no Brasileirão, o atleta disse esperar um jogo difícil.

"Não tem jogo fácil, o Goiás vem de vitória. Sabemos da dificuldade do jogo, mas temos que pensar sempre em vencer. Queremos continuar sempre na parte de cima da tabela".

O duelo contra o Goiás será no domingo (19), às 16h (de Brasília), no Serra Dourada. A partida é válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Em caso de vitória, o Botafogo pode beliscar a liderança.

VAVEL Logo