Análise: Flamengo apresenta evolução nos jogos longe do Maracanã
(Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Análise: Flamengo apresenta evolução nos jogos longe do Maracanã

Calcanhar de Aquiles nas últimas temporadas, jogar fora de casa pode estar deixando de ser um grande problema para o Rubro-Negro desde o empate com o Peñarol até a vitória sobre o Corinthians, em Itaquera

rafalisboa
Rafael Lisboa

A noite de quarta-feira (15) foi muito importante para o Flamengo na Copa do Brasil. Ao vencer o Corinthians, por 1 a 0 em Itaquera, o Rubro-Negro passou a ter a vantagem do empate na partida de volta das oitavas de final da competição.

Mais do que a vantagem, o Rubro-Negro começa a consolidar a sua força nos jogos fora de casa. Desde a derrota para a LDU-EQU, 2 a 1 em Quito, pela Libertadores, os cariocas fizeram mais quatro partidas fora de casa, e teve uma boa atuação em pelo menos três delas, dando indícios de que está adquirindo uma maturidade nesses jogos longe do Rio, uma das maiores dificuldades nos últimos anos.

Logo após essa derrota, a equipe da Gávea enfrentou o Internacional em Porto Alegre. Ainda com a formação onde o quarteto ofensivo ficava longe das suas posições naturais, o Flamengo sofreu no primeiro tempo e foi para o intervalo perdendo apenas por 1 a 0. Na segunda etapa, Abel corrigiu o posicionamento, o Rubro-Negro melhorou mas acabou perdendo a partida por 2 a 1.

Com reservas, veio uma atuação segura, especialmente defensiva, contra o São Paulo no Morumbi. Após o gol de Berrío, o Flamengo ainda teve chances para ampliar. No segundo tempo, quando recuou demais, não deixou o Tricolor entrar com facilidade em sua área, mas acabou sofrendo o empate no final do jogo, 1 a 1.

Em Montevidéu (URU), a equipe da Gávea fez o ''jogo do semestre'' contra o Peñarol. Com uma atuação convincente, o time de Abel Braga perdeu inúmeras chances e, com a expulsão de Pará, passou os 30 minutos finais na defesa, mas se defendendo bem, novamente. No fim, a vaga para as oitavas de final da Libertadores foi confirmada no empate em 0 a 0.

Agora, nessa quarta-feira (15), o Rubro-Negro fez um jogo melhor que o Corinthians na Arena, aproveitou a falta de produtividade ofensiva do Alvinegro e, contando com grandes atuações de Rodrigo Caio, Cuéllar, além da boa entrada de Diego, conquistou a segunda vitória no estádio, sendo a primeira equipe de fora de São Paulo a conseguir essa marca.

Destacando as duas últimas partidas, especificamente, a equipe carioca criou mais chances reais que os adversários. Contra o Peñarol, foram nove contra apenas três dos uruguaios, enquanto contra o Corinthians, foram pelo menos seis boas chances, contra duas dos donos da casa.

Nesse sábado (18) às 19h, o Flamengo terá outro confronto difícil fora de casa, contra o Atlético-MG, no Independência. Dois pontos atrás do Galo, a equipe carioca pode confirmar a evolução longe do Maracanã, se mantendo junto dos líderes no Brasileiro, enquanto vai avançando nas copas.

VAVEL Logo