Em busca da primeira vitória na Série C, Treze recebe o Náutico no Amigão
Foto: Léo Lemos/Náutico

Em busca da primeira vitória na Série C, Treze recebe o Náutico no Amigão

Galo acumula três empates na competição; Timbu quer a recuperação após a derrota para o Ferroviário

rafaelalvesgomes
Rafael Alves

Treze e Náutico se enfrentam neste sábado (18), às 19h15, no estádio Amigão, em Campina Grande. O duelo desta noite ocorre pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro Série C. Equipes chegam para o duelo precisando de um resultado positivo.

A equipe paraibana vem de três igualdades na terceirona. Na última rodada, o Galo da Borborema enfrentou o Imperatriz-MA fora de casa e, após ficar em desvantagem por duas vezes, conseguiu o empate em 2 a 2. Agora, o time alvinegro quer a primeira vitória na competição. Neste momento, o Treze ocupa a oitava colocação na tabela do Grupo A.

Com o mesmo número de pontos do adversário, o Náutico está na quinta posição da chave. Apesar da derrota para o Ferroviário no último domingo (12), que acarretou a demissão de Márcio Goiano e o retorno de Gilmar Dal Pozzo ao comando técnico da equipe, o Timbu chega motivado após vencer o Campinense e conquistar a classificação para a fase de grupos da Copa do Nordeste 2020.

A última vez que Treze e Náutico duelaram foi no dia 5 de janeiro. Em amistoso realizado no estádio dos Aflitos, o Galo da Borborema levou a melhor e venceu por 1 a 0. Por competições oficiais, as equipes não se enfrentam desde 2010.

Dúvida e foco

O início do Treze na Série C é surpreendente. Mesmo sem conseguir conquistar a primeira vitória, o desempenho do time no campo vem agradando a torcida que estava desmotivada após a campanha ruim no Campeonato Paraibano. Nesta noite, o time e o técnico Flávio Araújo esperam manter a boa atuação e conquistar o resultado positivo.

Finalizando a preparação para enfrentar o Náutico, o Treze realizou um treinamento na tarde de ontem, no estádio Presidente Vargas. A única dúvida do treinador é no meio-campo. Flávio Araújo ainda não sabe se começa com Marcelinho Paraíba, recuperado de lesão, ou Júlio Pacato, que fez uma excelente partida contra o Imperatriz-MA.

Logo, a equipe do Galo da Borborema que deve ir a campo tem Mauro Iguatu; Edy, Anderson Pena, Ítalo e Silva; Coppetti, Juninho e Marcelinho Paraíba (Júlio Pacato); Gil, Vinícius e Eduardo. Flávio Araújo comentou a importância de esquecer a ansiedade pelo triunfo para que haja impacto no comportamento da equipe.

"Logicamente, nós sabemos da necessidade de vencer um concorrente direto que tem três pontos, igual a nós, mas eles têm uma vitória, por isso estão na nossa frente. Nós também procuramos chegar no G4 e diminuir a diferença para os dois líderes. Vamos buscar o resultado com muita força, determinação e, acima de tudo, muito equilíbrio".

Motivado, embalado e desfalcado

A chegada de Gilmar Dal Pozzo e a classificação para a fase de grupos da Copa do Nordeste do ano que vem deram outro ânimo ao Náutico. Apesar de não viver um bom momento na temporada, o Timbu chega fortalecido para o duelo contra o Galo da Borborema.

Para a partida desta noite, o treinador ainda não poderá contar com Jorge Henrique e Maylson, que se recuperam de lesões. Assis, Jhonnatan e Hereda são dúvidas. O elenco do Náutico fechou a preparação com um treinamento realizado na manhã de ontem. No início da tarde, a delegação seguiu viagem para Campina Grande.

Sem tempo para promover alterações, Gilmar Dal Pozzo deve manter a estrutura do time que enfrentou o Campinense na última quarta-feira (15). Assim, o Náutico deve entrar em campo com Bruno; André Krobel, Camutanga, Suéliton e Hereda; Josa (Jiménez), Jhonnatan e Luiz Henrique; Thiago, Odilávio (Rafael Oliveira) e Wallace Pernambucano. Sobre a partida, o técnico ressaltou a postura que vai exigir da equipe.

"A gente trabalha os conceitos, a marcação mais adiantada para não deixar o adversário sair jogando e depois a gente baixa a linha para o meio-campo. Eu não tive tempo de trabalhar meia pressão. Eu trabalho a pressão alta, meia e baixa. No início do meu trabalho, vou fazer a pressão alta e a pressão baixa".

VAVEL Logo