Luxemburgo visa reabilitação do Vasco contra o Avaí: ''É uma decisão''
 A equipe carioca tenta a reabilitação, após perder para o Santos no último domingo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Luxemburgo visa reabilitação do Vasco contra o Avaí: ''É uma decisão''

Recém-chegado ao Vasco, Vanderlei Luxemburgo comentou sobre alguns pontos visando a reabilitação do clube na Série A

thomasalencar
Thomas Alencar

Tentando uma reabilitação no Campeonato Brasileiro, o Vasco encara o Avaí neste domingo (19) às 19h em São Januário. O time carioca tenta apagar a imagem do pior começo de Brasileirão desde 2004, um ano depois de quando o torneio passou a ser disputado por pontos corridos. Em quatro rodadas em 2004, Vasco perdeu para  Criciúma, Guarani e Fluminense; e empatou com o Atlético-MG. Acumulou os mesmos um ponto do atual campeonato, mas naquela ocasião, o saldo era de -3, hoje o saldo é de -7.

Para tentar solucionar o problema, o técnico Vanderlei Luxemburgo falou sobre a meta inicial no cruzmaltino. "Coloquei uma meta sim: vencer o Avaí no domingo. A primeira meta nossa é o jogo de domingo, que é uma decisão. Se não encararmos essa partida como uma decisão, complicou. Acabando o jogo de domingo, iremos começar a pensar numa outra decisão. O Brasileiro é um campeonato longo e às vezes você fica disperso, então você que incentivar e fazer os jogadores tratarem todas as partidas como uma decisão, identificando, claro, os adversários que você vai disputar os jogos mais decisivos ainda", comentou o novo técnico vascaíno. 

O experiente treinador também comentou sobre a postura dos jogadores: "Os jogadores precisam entender o que é o Vasco da Gama e o motivo de estarem aqui. Se eles não souberem o que representa o Vasco da Gama, o motivo de estarem aqui, não adianta nada. Eu sei porque estou aqui, então eles precisam saber também. Entendendo a história do clube, eles vão saber o quanto precisam se dedicar, o quanto precisam se empenhar para sair dessa situação. O time que eu quero é brioso, aguerrido. Joguei muitas vezes contra o Vasco e sempre encontrei uma equipe difícil de ser batida. O adversário precisa respeitar o Vasco dentro da sua casa", completou.

"O torcedor está muito envolvido e chateado com esse passado recente do Vasco, mas se ele tiver paciência e caminhar junto conosco, o trabalho irá dar certo. O torcedor é fundamental nesse processo de reconquista da época de glória'', comentou sobre a importância da torcida nos jogos.

VAVEL Logo