Com gol nos acréscimos, Palmeiras vence Sampaio Corrêa fora de casa pelas oitavas da Copa do Brasil
Foto: Cesar Greco/Divulgação/SE Palmeiras

Com gol nos acréscimos, Palmeiras vence Sampaio Corrêa fora de casa pelas oitavas da Copa do Brasil

O jogo foi sonolento, mas guardou uma emoção para o fechar das cortinas

vv_cunha
Victor Cunha
Sampaio CorrêaAndrey, Everton, Douglas Assis, Moisés Lucas, Felipe Dias; Diones, Eloir, Dedé; João Paulo (Gustavinho, min. 73), Cleitinho (Esquerdinha, min. 64), Salatiel
PalmeirasPrass, Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena, Victor Luis; Felipe Melo, Moisés, Lucas Lima (Felipe Pires, min. 84); Hyoran (Dudu, min. 66), Arthur Cabral (Deyverson, min. 46), Carlos Eduardo
Placar0-1, min. 92, Moisés.
INCIDENCIASJogo válido pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil sendo disputado no Castelão-MA

Na última quarta-feira (22), o Palmeiras visitou o Sampaio Corrêa, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Jogando no Castelão, o Alviverde saiu na frente no confronto, vencendo a partida por 1 a 0, com gol de Moisés.

A partida

O que se pode ressaltar do jogo foi sua falta de intensidade. O Palmeiras estava lento na transição da defesa para o ataque, enquanto o Sampaio Corrêa apenas marcava atrás da linha do meio de campo.

A primeira jogada de perigo foi aos 16 minutos de jogo, onde Moisés tabelou com Victor Luís e Hyoran, entrou na área e bateu cruzado, mas não tinha ninguém pra desviar para o gol. Aos 22, Lucas Lima, em contra-ataque, achou Carlos Eduardo cara a cara com o goleiro e bateu cruzado, colocado no canto esquerdo de baixo, mas mandou pra fora.

João Paulo, com 30 minutos, lançou Salatiel dentro da área. O atacante tentou o chute cruzado e foi travado por Edu Dracena, que salvou o Palmeiras de sofrer o gol. Seis minutos depois Hyoran bateu uma falta da entrada da área e acertou um forte chute, que foi defendido por Andrey. Após espalmar, a bola ainda pegou na trave antes de sair.

Aos 40 minutos, o Everton cruzou um escanteio na primeira trave e Felipe Dias cabeceou nas redes pelo lado de fora.

A primeira chance do segundo tempo foi do Sampaio Corrêa, em uma falta que desviou na barreira e sobrou para Moisés bater e obrigar Prass a salvar o time. Aos 15 minutos, Everton cruzou e Fernando Prass tentou cortar, mas deu a bola nos pés de Salatiel, que virou e bateu pro gol, obrigando o próprio Prass a salvar a equipe.

Após as jogadas de perigo no começo do segundo tempo, o Palmeiras e o Sampaio Corrêa se mantiveram firmes na marcação, porém sem jogadas de perigo algum, tornando o jogo lento e sem emoção.

Mas, aos 46, Moisés bateu uma falta frontal de muito longe. Ela foi no canto direito de Andrey, no chão. O goleiro até tocou nela, mas a bola morreu no fundo das redes. Nos acréscimos o Palmeiras abria o placar!

O Palmeiras volta aos gramados no próximo sábado (25), às 16h, contra o Botafogo no Mané Garrincha, em jogo válido pela Série A do Campeonato Brasileiro. Já o Sampaio volta a jogar no domingo (26), às 17h, mais uma vez no Castelão.

VAVEL Logo