1-0, Wellington Paulista.
Com gol de Wellington Paulista, Fortaleza vence o Botafogo-PB e sai na frente na decisão da Copa do Nordeste
Foto: divulgação/Fortaleza EC

Com gol de Wellington Paulista, Fortaleza vence o Botafogo-PB e sai na frente na decisão da Copa do Nordeste

Leão precisa de um simples empate para conquistar o título da competição no Almeidão; Belo necessita da vitória

rafaelalvesgomes
Rafael Alves
FortalezaMarcelo Boeck; Tinga, Juan Quintero, Roger Carvalho, e Bruno Melo; Felipe e Araruna (Dodô); Osvaldo (Marcinho), Edinho, Romarinho (Coutinho) e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.
Botafogo-PBSaulo; Israel, Donato, Lula e Fábio Alves; Wellington Cézar, Marcos Vinícius (Paulo Renê) e Juninho; Clayton (Júnior), Dico (Enercino) e Nando. Técnico: Evaristo Piza.
INCIDENCIASJogo de ida da decisão da Copa do Nordeste na Arena Castelão, em Fortaleza.

O Fortaleza largou na frente na disputa pela taça da Copa do Nordeste. O Tricolor de Aço bateu, na noite desta quinta-feira (23), na Arena Castelão, o Botafogo-PB por 1 a 0 e precisa apenas de um empate no jogo da volta para ficar com o título. O gol da vitória do Leão foi marcado pelo atacante Wellington Paulista.

Agora, a decisão será no estádio Almeidão, em João Pessoa. A segunda partida acontece na próxima quarta-feira (29),  às 21h30, na capital paraibana. Para ficar com o título, o Botafogo-PB precisa de uma vitória por dois ou mais gols de diferença sobre o Fortaleza.

Neste momento, as duas equipes voltam às atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo, às 17h, o Botafogo-PB enfrenta o Imperatriz, no Almeidão, pela Série C. Mais tarde, às 19h, o Leão recebe o Vasco, na Arena Castelão.

Poucas chances e muito equilíbrio

O panorama da partida foi desenhado nos minutos iniciais. O Botafogo-PB se fechou em seu campo defensivo para não dar espaços ao Fortaleza, que tentava, através do toque de bola, aparecer com efetividade no ataque. Bem posicionado taticamente, o Belo fechou as linhas e dificultou o jogo do Leão.

Quando começaram a acontecer ações ofensivas, foi a equipe da casa quem apareceu com perigo. Após cruzamento de Osvaldo, Tinga cabeceou e obrigou Saulo a fazer uma grande defesa. Em seguida, foi a vez de Felipe arriscar um chute que parou no goleiro botafoguense.

Os visitantes também chegaram com perigo. Numa cobrança de falta, Lula tocou para trás e Marcelo Boeck defendeu. Em contra-ataque, Dico quase marcou, mas o lance já tinha sido invalidado pela arbitragem.

Ataque contra defesa

Precisando da vitória, o Fortaleza pra cima do Botafogo-PB. Bem posicionado defensivamente, a equipe Alvinegra resistiu à pressão do Leão, que só chegou a assustar com jogadas pelas laterais e forçando cruzamentos para a grande área.

Foi assim que o Fortaleza chegou ao gol. Aos 35 minutos, Edinho recebeu no lado direito da área e mandou para o meio. Wellington Paulista, como um bom centroavante, apenas empurrou para as redes e fez o Castelão explodir.

O Tricolor de Aço ainda tentou ampliar o placar, mas não conseguiu infiltrar na defesa do Belo. O time paraibano buscava um contra-ataque, mas também não obteve êxito na estratégia e o resultado acabou dando uma mínima vantagem ao Fortaleza para o jogo da volta.

VAVEL Logo