Após derrota, Rodrigo Santana lamenta atuação do Atlético-MG: "Precisávamos jogar mais"
(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

 O Atlético-MG não suportou a pressão do Grêmio em Porto Alegre e acabou derrotado por 1 a 0 na noite desse sábado (24), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Rodrigo Santana revelou após a partida em entrevista coletiva, que já esperava o adversário agredindo mais nos primeiros minutos da partida.

"Sabíamos das dificuldades que iam ter aqui. Principalmente nos primeiros 15 minutos que a gente sabia da pressão que o Grêmio faria, pela situação que vem passando e da necessidade da vitória em dentro de casa. A equipe procurou muito em se defender e pouco em jogar no primeiro tempo. Na segunda etapa evoluímos bastante, mas infelizmente tomamos um gol de bola parada. Tivemos que colocar a equipe mais na frente, criamos chance de gol e poderíamos ter saído com o empate."

Questionado sobre a postura defensiva na primeira etapa, Santana afirmou que não foi o planejado e que a equipe ficou devendo: "Não é ideia nossa só defender, porque também temos um bom time e ficamos devendo. Precisávamos jogar mais. Foi o que procuramos corrigir e posicionar no intervalo. Conseguimos ter mais posse de bola e chances de gol no segundo tempo", comentou.

Na próxima terça-feira (28) o Atlético-MG faz a decisão do jogo da volta contra o Unión La Calera-CHI, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Eliminado precocemente em 2018, Santana crava que o Galo vai com o que tem de melhor para o jogo.

"A gente projeta um time que vai buscar a classificação desde o primeiro minuto. Vamos com o time completo. Quem estiver bem vai para o jogo. Podem ter certeza que já estamos virando todo o foco para terça-feira, para buscar essa classificação."

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo