Pelo alívio! Flamengo encara time misto do Athletico-PR no Maracanã lotado
(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Pelo alívio! Flamengo encara time misto do Athletico-PR no Maracanã lotado

Com Abel pressionado, Rubro-Negro busca voltar a vencer no Brasileiro, e não se distanciar ainda mais do Palmeiras; pensando na Recopa, Furacão mandará apenas três titulares a campo no Rio

rafalisboa
Rafael Lisboa
FlamengoDiego Alves; Pará, Rodrigo Caio, Thuler, Renê; Piris da Motta, Willian Arão, Éverton Ribeiro, Diego, Bruno Henrique; Gabigol. Técnico: Abel Braga
Athletico-PRSantos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo. Wellington (Erick), Léo Cittadini e Tomás Andrade; Braian Romero, Marcelo Cirino e Thonny Anderson. Técnico: Tiago Nunes

Nesse domingo (26) às 16h, no Maracanã (que deverá receber mais de 45 mil torcedores), Flamengo e Athletico-PR duelarão pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Empatados com 7 pontos, os dois Rubro-Negros vão com focos distintos para o confronto.

Pressionado após a derrota para o Galo, com um a mais, Abel mandará os titulares para a partida, para buscar se manter a seis pontos do líder Palmeiras. Focado na partida de volta da Recopa Sul-Americana, contra o River Plate, o Furacão mandará apenas três titulares a campo.

Após protestos, Flamengo reencontra a torcida tentando recuperar a boa relação

A semana rubro-negra começou no domingo passado (19) com a derrota para o Atlético-MG, 2 a 1, com um a mais durante toda a segunda etapa. Na madrugada, os muros da Gávea e do Ninho foram pichados pedindo as saídas de BAP e Abel, e a Flórida Cup, exaltada por dirigentes e pelo treinador, também foi lembrada.

Na terça-feira (21), Cacau Cotta, diretor de Relações Externas do clube, chamou os protestos de políticos e afirmou que não poderia ser da torcida, pois "escreveram Mickey certinho'', e no dia seguinte, os muros foram novamente pichados, dessa vez com tom de ironia: "Copa Mick" e "fora Abeu".

Muito pressionado, o técnico precisa da vitória contra o a equipe paranaense para não ficar ainda mais afastado da liderança, já que o Palmeiras venceu o Botafogo e abriu, momentaneamente, nove pontos para os cariocas.

Nos treinos, Abel esboçou mudanças por questões físicas e técnicas. Cuéllar, sentindo dores no tornozelo, e Léo Duarte, com virose, serão substituídos por Piris da Motta e Thuler. Já Arrascaeta dará lugar a Diego que, segundo o treinador, já vinha pedindo passagem entre os titulares.

Com reservas, Athletico tenta repetir 2018 

O foco do Furacão é novamente a Recopa Sul-Americana, quando enfrentará o River Plate, no Monumental de Nuñez, no meio de semana, podendo empatar para levar o inédito título. Por isso, o técnico Tiago Nunes colocará em campo apenas três titulares, poupando os demais para a viagem até Buenos Aires.

Santos, Léo Pereira e Wellington deverão entrar em campo logo mais, no Maracanã. Após a derrota para o Corinthians na Arena, também com time majoritariamente reserva, o Rubro-Negro caiu para a 10ª posição, e tenta surpreender o Flamengo.

Para isso, buscará repetir 2018 quando, também com reservas, foi até o Rio e venceu a equipe da Gávea de virada no Maraca lotado, com mais de 60 mil pessoas. Nessa tarde, o público deve ser um pouco menor, mas os paranenses querem que o final seja o mesmo.

VAVEL Logo