Sampaoli sobre Internacional: "Rival muito duro, um dos principais da Copa Libertadores"
(Foto: Ivant Storti/ Santos FC)

Após o empate de 0 a 0 entre Santos e Internacional neste domingo (26), na Vila Belmiro, válido pela sexta rodada do Campeonato BrasileiroJorge Sampaoli fez elogios a equipe adversária. Rodrygo, que foi o destaque do jogo também falou sobre a liberação da CBF. 

"Um rival muito duro. Eles estavam muito preparados. Os primeiros 30 minutos foram iguais e eles tiveram mais controle no final do primeiro tempo. Variamos no segundo tempo. Lamentavelmente, buscamos a vitória em todo o segundo tempo, mas não deu. Valorizo sempre a possibilidade da busca do grupo"

"Jogamos contra um rival que faz muito bem a transição. Então, muitas vezes, estávamos expostos. Como não tivemos muita eficácia na área adversária, convivemos com contra-ataques de uma equipe muito preparada para isso. O time teve as mesmas intenções, mas não a mesma precisão que em outros dias”, falou o técnico do Santos

O primeiro tempo foi cheio de emoções, tanto que os técnicos tiveram um desentendimento durante a partida e ambos receberam cartão amarelo. Sampaoli esclareceu:  "Ele pensou que eu estava reclamando dele. Depois, expliquei que estava reclamando do quarto árbitro. Ficou tudo esclarecido. Vivemos o jogo com a intensidade que se jogou. Ele interpretou que eu tinha dito algo dele e eu esclareci.”

Outro personagem importante para o jogo foi Rodrygo, que adiou sua despedida do Santos. O atacante foi convocado para o torneio na França que acontecerá em junho. 

"Entramos com um acordo com a CBF e eu vou ficar. Saiu o acordo hoje pela manhã, meu pai me mandou. Meio que passei mal à noite, estava vomitando, inflamação na garganta, acho que era ansiedade se continuaria aqui ou não. Minha despedida fica para o dia 12."

MEDIA: 4.5VOTES: 36
VAVEL Logo