Marcelo Cabo exalta triunfo do CSA contra o Goiás em Maceió: "Vitória histórica"
(Foto: reprodução / GazetaPress)

Marcelo Cabo exalta triunfo do CSA contra o Goiás em Maceió: "Vitória histórica"

Treinador do Azulão também dedicou os três pontos à torcida e lamentou ainda não ter saído do Z-4

leo_silva997
Leonardo José

Depois de vencer pela primeira vez no Brasileirão 2019, o treinador Marcelo Cabo não poupou elogios a importância do resultado para o CSA. O time alagoano bateu o Goiás por 1 a 0, no Rei Pelé. Na entrevista coletiva pós-jogo, Cabo comentou o resultado histórico do Azulão.

"É a primeira vitória do CSA na história dos pontos corridos. Então é uma vitória histórica. Mas eu tenho que ressaltar os jogadores que lutaram, se doaram, entenderam nos treinamentos da semana do que o CSA precisava para ter uma vitória tão importante na história do clube e para gente na sequência da competição."

Mesmo com a vitória, o CSA segue na zona de rebaixamento, mas, agora, em 17º. Contudo, o treinador ressaltou a boa campanha de seu time jogando em Maceió.

"É uma pena que, com uma vitória dessa expressiva, a gente não consiga sair do Z-4, mas estamos ali e é questão de uma vitória a mais ou a menos. Talvez no Brasil hoje, os únicos mandantes invictos são o CSA e o Palmeiras. Isso é um dado muito expressivo."

Marcelo Cabo também lembrou do carinho que os torcedores alagoanos demonstraram no desembarque do time no aeroporto após derrota para o Internacional.

"Em especial, eu quero dedicar essa vitória para a torcida do CSA. Quando a gente perdeu para o Internacional e chegou no aeroporto, tinha torcedores para receber a gente com uma alegria muito grande e dizendo que acreditava na gente que a gente ia conseguir essa vitória hoje."

A primeira na história do CSA no Brasileiro de pontos corridos, vai para a nação azulina. Salvador da pátria azulina, o atacante Maranhão — autor do gol — foi elogiado pelo treinador. Marcelo Cabo contou fez uma revelação sobre o atleta.

"Quanto ao Maranhão, realmente é uma coisa a ser estudada. Ele foi diagnosticado com lesão entre grau 1 e 2, mas pediu para treinar, falou que suportava, treinou, pediu para jogar... Acho que Deus o coroou com esse gol, não só ele e todo grupo se dedicou para que a gente tivesse a primeira vitória."

Com o peso tirado das costas, o CSA volta a campo no próximo domingo, às 19h, pela sétima rodada da Série A, diante do Atlético-MG, na Arena Independência.

VAVEL Logo