Tiago Nunes exalta atuação 'agressiva' do Athletico após goleada sobre Fluminense 
Foto: Miguel Locatelli/CAP

O vice-campeonato da Recopa Sul-Americana não abalou e o Athletico Paranaense voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (2), com gols de Rony, Lucho González e Cirino, despachou o Fluminense dentro da Arena da Baixada e agora aparece na décima colocação.

O ímpeto rubro-negro durante a partida foi bastante valorizado pelo técnico Tiago Nunes. O triunfo começou a ser encaminhado no primeiro tempo, quando os mandantes abriram 2 a 0 rapidamente.

"O espírito que a gente impôs hoje, principalmente no primeiro tempo, foi muito parecido com que a gente fez lá na Argentina. É claro que o adversário é outro, o fator casa também. Impusemos um ritmo técnico muito forte e estou satisfeito pelo que a gente fez, principalmente no primeiro tempo", afirmou o comandante em entrevista coletiva.

Segundo Tiago, o objetivo é manter o mesmo estilo de jogo em todas as competições que o Furacão está disputando, mesmo que enfrente adversários de características diferentes.

"A gente transferiu para o jogo de hoje o que estamos fazendo nos jogos internacionais. Tenho que reiterar a importância que teve a vitória. Se a gente mostrar que pode ser essa equipe ‘agressiva’, temos condição de ganhar de todos", analisou.

O Athletico volta aos gramados na próxima quarta-feira (5), contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil. Depois, faz dois jogos seguidos fora de casa pelo Brasileirão, contra Palmeiras e Goiás, antes da pausa no calendário nacional para a disputa da Copa América.

A gente vem jogando bem fora de casa. Eu sinto que a pressão por melhores resultados existe, mas a gente internamente tem muita confiança de que a equipe está jogando bem. Teremos jogos muito difíceis contra Palmeiras e Goiás, mas antes temos um jogo duro contra o Fortaleza. É uma equipe muito sólida e vamos ter muitas dificuldades. A estratégia é repetir o que a gente fez hoje no primeiro tempo. Uma equipe que consiga impor um ritmo muito forte, pressionando o adversário”, concluiu Tiago Nunes.

VAVEL Logo