Justiça determina que renda do clássico contra o Vasco vá para ex-goleiro do Botafogo
Foto: Thiago Ribeiro / Botafogo

O Botafogo terá de encaminhar o lucro na venda de ingressos do clássico contra o Vasco, realizado no último domingo (02), às 11h, no estádio Nilton Santos, para a empresa do ex-goleiro botafoguense Roger Noronha. Em decisão do juíz Marcio Alexandre da Silva, da 45ª Vara Cível do Rio, o alvinegro deve ter o saldo penhorado pela empresa de Roger, com valor limite de R$1.987.818,95.

Hoje com 46 anos, Roger Noronha iniciou sua carreira em 1991 no Flamengo, clube onde permaneceu até 1996. Com passagens por São Paulo, Vitória, Portuguesa e Santos, chegou ao Botafogo em 2007 para ser titular, mas uma lesão no ombro acelerou sua aposentadoria em meados de 2008. Com dívida de R$2 milhões, o ex-goleiro acionou à justiça representado pela advogada Natashy Vainstok.

Em nota, o TJ afirma que o Botafogo tem 48 horas após o término do jogo para realizar o pagamento online do valor arrecadado no estádio sob pena de multa. Informado pelo clube, o público pagante no Nilton Santos foi de 16.829 pessoas, com lucro de ingressos somado em R$644.322,00.

MEDIA: 4VOTES: 1
VAVEL Logo