Ineficiência: Avaí finalizou 66 vezes e marcou dois gols nas última quatro partidas
Foto: Frederico Tadeu/Avaí FC

Comemorações de gol têm sido raras pelos lados da Ressacada. Na penúltima colocação do Campeonato Brasileiro, o Avaí vem deixando a sensação de que as atuações vem sendo superiores aos resultados conquistados em sete rodadas até agora. Nas últimas quatro partidas, o Leão finalizou mais que seu adversário em todas, mas só conquistou dois pontos.

O técnico Geninho citou antes da partida contra o Internacional que sua equipe estava 'atuando bem há dois jogos, mas os resultados não tem aparecido'. E os números de certa forma embasam a fala do treinador. Contando só as últimas quatro partidas, o Avaí finalizou 66 vezes no total. Mas a pontaria é que tem sido o problema.

Depois de fazer um Catarinense e início de Copa do Brasil fulminante - o time marcou 44 gols nos primeiros 24 jogos da temporada -, o rendimento despencou em um nível de competição bem mais alto. A defesa continua segurando as pontas, mas falta poder de fogo.

No último domingo (2), na derrota para o Internacional, o Avaí foi bem superior na primeira etapa, finalizando dez vezes, contra apenas duas do Colorado, mas não conseguiu nenhuma finalização na direção da meta de Lomba nos 45 minutos iniciais. No total, o Leão finalizou 14 vezes na partida, mas só uma vez acertou o gol, com Pedro Castro.

Avaí dominou Inter na primeira etapa, mas foi incapaz de marcar no Beira-Rio (Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional)
Avaí dominou Inter na primeira etapa, mas foi incapaz de marcar no Beira-Rio (Foto: Ricardo Duarte/SC Internacional)

Totalizando esta partida contra o Inter, o empate sem gols contra o CSA, o 1 a 1 contra o Vasco e a derrota de virada para o Ceará na Ressacada, o Leão conseguiu 66 finalizações, mas apenas 14 - ou seja 21,2% - foram na direção da meta rival. Para piorar, apenas duas vezes a bola entrou: Daniel Amorim marcou nos acréscimos para evitar a derrota em São Januário, e Brenner marcou diante do Vozão, mas o Avaí cedeu a virada em Floripa.

Segundo dados do Whoscored.com, o Avaí é o nono time em média que mais finaliza por partida - 13,4 -, mas é o penúltimo em finalizações no alvo - apenas 2,7 em média. Apesar de muitas tentativas, o time é o segundo que mais chuta de fora da área e tem problemas de infiltração. Do total de finalizações no Campeonato, 59,7% foram de fora da área, e 32,6% foram bloqueadas.

O Leão só balançou as redes rivais quatro vezes em sete partidas, ou seja, 0,7 gol por jogo, sendo assim o segundo pior ataque da competição - o CSA só fez dois. Uma curiosidade é que o time catarinense é o terceiro que mais sofre faltas em todo o Brasileiro - 15,6 por partida.

O meia João Paulo, que finalizou 15 vezes em sete partidas e lidera essa estatística no Avaí, ainda não fez nenhum gol. Além disso, o técnico Geninho vem alterando muito seus centro-avantes. Daniel Amorim foi titular nas quatro primeiras partidas, Brenner nas duas seguintes e Matheus Matias na última. Os dois primeiros têm um gol cada, enquanto o terceiro ainda não balançou as redes.

João Paulo é o jogador do Avaí que mais chuta no Brasileiro, mas ainda não balançou as redes (Foto: Frederico Tadeu/Avaí FC)
João Paulo é o jogador do Avaí que mais chuta no Brasileiro, mas ainda não balançou as redes (Foto: Frederico Tadeu/Avaí FC)

O Avaí volta a campo em busca de sua primeira vitória no Brasileiro no próximo sábado (7) diante do São Paulo, na Ressacada, às 21h.

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo