Presidente da CBF garante permanência de Tite independente de resultado na Copa América
Foto: Divulgação/ CBF

  

Mesmo com as críticas que pairam sobre o seu trabalho, Tite seguirá no comando da Seleção Brasileira. Pelo menos foi o que garantiu Rogério Caboclo, presidente da CBF. Nesta terça-feira (4) o mandatário que participa do congresso da FIFA em Paris, demonstrou respaldo ao trabalho do treinador.
 
"Voltei a falar para ele no último sábado. Tite tem contrato até a Copa do Catar e até lá contamos com ele. Não há treinador algum com mais experiência e melhor qualificado depois de tudo o que já trouxe até hoje", frisou.
 
Não escondendo a existência da pressão pelo título, Caboclo demonstrou-se confiante nos atletas e na comissão técnica.
 
"Claro que a pressão existe e queremos o título. Todos carregam esse desejo. Jogadores, comissão técnica... Todos estão muito preparados e vão trabalhar por essa conquista. Vamos torcer para que ele venha", disse.
 
A certeza que sobrou diante do assunto Tite, não foi demonstrado quando o questionamento foi o futuro de Edu Gaspar. Com proposta do Arsenal, e atualmente ocupando a coordenação de seleções da CBF, a situação de Edu deve se estender por mais algum tempo: "Sobre o Edu vamos tratar após a Copa América", resumiu.
 
Outro questionamento que entrou em pauta, foi sobre o futuro treinador do Brasil na Olímpiada de Tóquio, em 2020. Sylvinho, que deixou a CBF para assumir o Lyon, seria o ocupante do posto. Atualmente a seleção olímpica está sendo comandada por André Jardine (técnico da seleção sub-20), na disputa do Torneio de Toulon.
 
"Estamos tratando com três situações ao mesmo tempo, três seleções na rua. Feminina na Copa do Mundo, a equipe olímpica no Torneio de Toulon e a principal na Copa América. O Jardine está com a seleção olímpica, teve ótimo resultado no primeiro jogo. Amanhã (quarta) tem um grande desafio contra a França e vamos acompanhando . Vocês serão informados", finalizou.
VAVEL Logo