Com um a menos durante parte do jogo, Bragantino bate São Bento e chega à ponta da Série B
Foto: Divulgação/Bragantino

No Estádio Nabi Abi Chedid, o Bragantino recebeu o São Bento na última terça-feira (4), em jogo válido pela 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com um a menos desde o começo do jogo, os donos da casa venceram a partida, com gols de Wesley e Ytalo. Com a vitória, o Bragantino assumiu a liderança provisória da Série B, com 16 pontos. O São Bento ficou com 7 pontos, na 12ª posição.

Partida agitada

O primeiro acontecimento de destaque da partida foi logo aos 11 minutos, quando Zé Roberto foi lançado no ataque e sairia cara a cara com o goleiro Julio Cesar. O atacante do São Bento foi tocado por Léo Ortiz e o juiz deu a falta. Além da falta, ele deu o cartão vermelho para o zagueiro do Bragantino, que ficou com um a menos. Na cobrança de falta, Fabricio Oya bateu no canto do goleiro e obrigou Julio Cesar a espalmar a bola para longe.

Aos 16 Cafu recebeu uma ótima bola na esquerda. Na finalização no canto direito no chão, Julio Cesar pegou mais uma e salvou o Bragantino. 3 minutos depois, Claudinho bateu de longe, forte e colocado, obrigando Paulo Victor a salvar o São Bento. Mesmo com um a menos, o mandante tentava chegar!

Com 26 minutos, Mansur cruzou uma ótima bola para Vinicius Kiss chegar cabeceando pro chão, obrigando Julio Cesar a tirar ela om a ponta dos dedos por cima do travessão. Aos 17 do segundo tempo, Wesley tentou bater de longe e Paulo Victor salvou o São Bento. Apenas 4 minutos depois, o mesmo Wesley abriu o placar. Pio bateu o escanteio pela esquerda e Paulo Victor caçou borboletas, fazendo a bola sobrar na segunda trave para Wesley, sozinho, bater no meio do gol e fazer o 1 a 0 para o Bragantino.

Aos 35, Pio bateu uma falta de longe, com força e ela passou assustando o goleiro Julio Cesar. Na sequência, Pio bateu um escanteio e no bate rebate Wesley chutou a bola na direção das redes, mas Mansur tirou a bola em cima da linha, evitando o segundo gol dos donos da casa.

Aos 42, Bruno Tubarão foi lançado na esquerda e recebeu a falta de Régis. O lateral já tinha um amarelo e levou seu segundo, sendo assim expulso de campo. Perto do fim da partida, ambos os times ficavam com 10 jogadores. Na cobrança da falta, 3 minutos depois, Pio tentou direto e acertou a trave!

E, por fim, com 46 minutos, Ytalo ampliava o placar! No contra-ataque, Claudinho lançou Ytalo, que venceu Cafu na velocidade e cara a cara com o goleiro não perdoou. Bateu rasteiro, sem chances para Paulo Victor, fazendo o 2 a 0 para o Bragantino!

Na próxima rodada, o Bragantino recebe o América-MG, às 20h30 da próxima terça-feira (11). Também na terça-feira, o São Bento visita o Vila Nova, às 19h15.

VAVEL Logo