Classificado! Em jogo disputado, Flamengo bate Corinthians e avança na Copa do Brasil
(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Na noite desta terça-feira (6), pela segunda partida das oitavas da Copa do Brasil, o Flamengo recebeu o Corinthians, no Maracanã, e venceu por 1 a 0, com gol de Rodrigo Caio (85'), classificando-se para as quartas do torneio. O rubro-negro retorna aos gramados no próximo domingo (9), quando joga um clássico contra o Fluminense, às 19h, válido pelo Brasileirão. Também pelo Campeonato Brasileiro, o alvinegro enfrentará o Cruzeiro no sábado (8), também às 19h.

Com erros nas saídas de bola de ambos, Flamengo e Corinthians se pressionaram durante todo o primeiro tempo

O cronômetro tinha acabado de ser iniciado e, logo aos dois minutos, um erro individual foi cometido por parte do Flamengo. Rodrigo Caio tentou passar a redonda de letra e foi interceptado por Jadson. Na entrada da área, Vagner Love recebeu, cortou para a direita e, no momento da finalização, foi desarmado. Quatro minutos depois, mais uma falha no setor defensivo, só que, desta vez, no do Corinthians. Manoel recebeu um passe, mas não conseguiu dominar. A bola sobrou para Gabriel, que esquivou-se do zagueiro alvinegro, mas foi travado por Danilo Avelar na hora que tentou driblá-lo. 

Com 10, a equipe comandada por Marcelo Salles quase abriu o placar. Na entrada da área, Renê tocou para Éverton Ribeiro. O camisa 7 lançou Bruno Henrique na linha de fundo, e o atacante cruzou a pelota na direção da área. Contudo, Manoel chegou e tirou qualquer chance dos donos da casa fazerem o 1 a 0. O Flamengo tentava controlar o ritmo do jogo, mantendo a posse de bola, mas sua defesa se enrolou novamente na saída de bola. Diego Alves tentou sair jogando e foi pressionado por Vanger Love. O goleiro errou o passe, Clayson recuperou, driblou Léo Duarte e chutou rente à trave dos rubro-negros.

No minuto 24, Júnior Urso recebeu a bola no meio-campo e, de perna direita, arriscou de fora área. Diego Alves, sem muitos sustos, encaixou. Nos dois minutos seguintes, em cobrança de bola parada, Éverton Ribeiro cruzou e Léo Duarte, de cabeça, subiu. Apesar da boa jogada, o zagueiro testou a redonda por cima da meta flamenguista. 

Aos 31, Vagner Love sofreu falta no ataque, perto da lateral do campo. Na cobrança de falta, Sornoza enganou o arqueiro rubro-negro, pois, ao invés de cruzar para algum companheiro, cobrou direto para o gol e quase abriu o placar. Com 33, mais uma falta para o Corinthians e mais uma cobrança do meia equatoriano. O camisa 7 cruzou, Piris da Motta desviou de cabeça e obrigou Diego Alves a esticar-se para fazer a defesa.

Dois minutos depois, uma jogada de muito perigo foi feita pelos visitantes. Em escanteio, Sornoza levantou a bola na área e esta foi afastada pela zaga dos anfitriões. Na sobra, de fora da área, Ralf finalizou com muita potência de primeira e acertou o travessão. Aos 38, o Flamengo respondeu a pressão. Gabriel recebeu passe longo rasteiro de Arão e, na grande área, tentou chutar por baixo das pernas de Cássio, que saiu e defendeu com os pés.

No minuto 43, o arqueiro alvinegro salvou sua equipe novamente. Diego cruzou para Éverton Ribeiro na segunda trave. O camisa 7 subiu e, na disputa de cabeça com Clayson, levou a melhor. Cássio pulou e fez uma grande defesa, evitando a abertura do marcador.

(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
(Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

A segunda etapa começou e, aos 9 minutos, lance de perigo do Corinthians. Na entrada da área, Jadson recebeu, tocou para Michel Macedo, que serviu Vagner Love. O número 9 dominou e, de esquerda, bateu para grande defesa de Diego Alves.

Aos 14, pelo flanco esquerdo, Éverton Ribeiro alçou a redonda na área. Bruno Henrique subiu mais que todos os defensores alvinegros e, de cabeça, concluiu na trave. Com 18, Vagner Love recebeu a bola na grande área, fez o pivô em cima de Léo Duarte e chutou por cima da meta rubro-negra.

No minuto 34, a bola pingou no lado direito e sobrou para Michel Macedo. O lateral-direito, de primeira, botou curva na redonda e quase colocou-a dentro das redes. Seis minutos depois, saiu o gol da classificação. Pelo lado esquerdo, Éverton Ribeiro cruzou a bola na segunda trave e Rodrigo Caio, como um atacante oportunista, infiltrou sozinho a área e escorou para o fundo das redes. O lance foi analisado e validado pelo VAR.

Aos 46, os visitantes quase empataram o embate. Clayson cruzou, Diego Alves espalmou e, na sobra, Jadson chutou de primeira na trave rubro-negra. Depois dessa jogada, mais nenhum lance de perigo aconteceu, e o juiz apitou o final do jogo, decretando a classificação do Flamengo.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo