Sob pressão: Avaí e São Paulo procuram alívio antes de parada para Copa América
Foto: Jamira Furlani/Avaí FC

Vivendo fases e jejuns incômodos, Avaí e São Paulo se enfrentam neste sábado (8) em busca da recuperação no Campeonato Brasileiro. A partida na Ressacada, que está marcada para às 21h, terá o Leão buscando sua primeira vitória na competição, enquanto o Tricolor espera quebrar a sequência de cinco partidas sem vencer.

As equipes se enfrentaram 16 vezes na história, com nove vitórias do São Paulo, três do Avaí, além de quatro empates. O último confronto terminou empatado por 1 a 1 no Brasileiro em 2017, gols de Júnior Dutra e Hernanes, ambos de pênalti.

A arbitragem em Florianópolis será comandada por Caio Max Augusto Vieira (RN), auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Jean Marcio dos Santos (RN). O VAR estará sob responsabilidade de Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ), Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN) e Flavio Gomes Barroca (RN).

Geninho tenta novas alterações para tirar Avaí da lanterna

O jejum do Avaí de dez partidas sem vencer na temporada é o maior desde 2011, quando o time foi rebaixado no Brasileiro com apenas 31 pontos. Apesar de atuações encorajadoras nas últimas semanas, o Leão não vem conseguindo converter chances em gols na competição. No último domingo (2), foi derrotado para o Internacional por 2 a 0, no Beira-Rio. Com a vitória do Vasco nesta sexta (7) sobre o próprio Inter, o time catarinense caiu para a lanterna, com apenas três pontos.

+ Ineficiência: Avaí finalizou 66 vezes e marcou dois gols nas última quatro partidas

O técnico Geninho indicou três alterações em relação à última rodada. Ricardo, que vinha atuando como zagueiro, deve ser deslocado para o meio-campo na vaga de Matheus Barbosa, e Kunde deve herdar o espaço na defesa - Marquinhos está com problema no joelho. Além disso, Getúlio deve voltar ao time titular, na vaga de Gegê, enquanto Brenner, que não atuou contra o Inter por questões contratuais, retoma a posição de Mateus Mathias no ataque.

"A ideia toda é a gente produzir um futebol que nos leve à vitória. Fazer um time forte na marcação. A ideia é fazer um time que mantenha a marcação, uma boa dinâmica no meio e que chegue com mais volume ao ataque para aproveitar melhor as chances para buscar a vitória que vem fugindo de nós. Eu vejo o grupo querendo, o grupo trabalhando muito para que tudo mude. Quem nos acompanha no dia-a-dia, acompanha como eles trabalham sempre para melhorar e ultrapassar esta fase. Acredito que após a primeira vitória a equipe se solte e as coisas aconteçam para nós", disse Geninho, otimista.

Cuca lida com desfalques para definir São Paulo

Após um bom início no Brasileiro, o São Paulo já engata cinco partidas sem vitória somando partidas da Copa do Brasil, com apenas um gol marcado nessa sequência. No último domingo (2), o Tricolor voltou a balanças as redes rivais, mas cedeu o 1 a 1 para o Cruzeiro no Pacaembu e foi aos 12 pontos, na oitava colocação.

O técnico Cuca tem vários problemas para escalar o São Paulo. Hernanes, que foi à Itália por conta de problemas de saúde do filho, é um dos principais. Lesionados, Rojas, Pablo e Liziero estão fora, enquanto Arboleda e Antony desfalcam o time por conta de convocações para Seleções do Equador e do Brasil Olímpico, respectivamente. Igor Vinícius, suspenso, e Carnero, afastado previamente por doping, completam a lista.

A boa notícia para o treinador é o que Tchê Tchê, que sofreu com dores musculares durante a semana, retornou aos treinamentos em tempo de viajar à Florianópolis e deve ser titular.

Tchê Tchê está recuperado de dores musculares (Foto: Èrico Leonan/saopaulofc.net)
Tchê Tchê está recuperado de dores musculares (Foto: Èrico Leonan/saopaulofc.net)
VAVEL Logo