Hermoso marca dois e Espanha derrota África do Sul pelo Grupo B da Copa do Mundo
Foto: Reprodução/FIFA

A Espanha venceu a África do Sul, de virada, por 3 a 1, pela Copa do Mundo Feminina, neste sábado (8), no Stade Océane, em Le Havre. Os gols foram marcados por Jennifer Hermoso (duas vezes) e Lucía García. Já Thembi Kgatlana balançou as redes para Banyana Banyana.

Com o triunfo, La Roja conquistou o primeiro lugar do grupo B, pois possui melhor saldo de gols em relação a Noruega, que também bateu a China - pelo placar mínimo.

Banyana de cobertura

A seleção espanhola já começou o jogo impondo o seu ritmo. Aos 5',  Vicky Losada acionou Mariona na esquerda. De fora da área, camisa arrematou no canto e Dlamini teve que se esticar para conseguir defender. Logo em seguida, Marta Torrejón cruzou e Alexia Putellas desviou de cabeça, mas a bola parou nas mãos da goleira.

As sul-africanas resolveram marcar presença aos 13' e deu aquele susto. Em cobrança de falta de frente ao gol, Van Wik deixou para Vilakazi, que mandou uma bomba próxima da trave. Onze minutos depois, Linda Motlhalo tocou para Kgatlana. A atacante dominou e com categoria, arrematou de fora da área e encobriu Paños. Com o passar do tempo, a primeira etapa  foi marcada por faltas e contou com poucas emoções.

Vira, virou!

No recomeço da partida, a África do Sul tomou a iniciativa e foi incomodar as adversárias . Aos 56', Fulutudilu partiu em velocidade e cruza para Kgatlana, que bate com a canhota, mas a arqueira espanhola defendeu. Contudo, o rumo da história mudou devido a bola parada. Após cobrança de escanteio, Van Wik usou o cotovelo e árbitra aplicou o amarelo e a penalidade máxima. Aos 69', Hermoso deslocou Dlamini e finalizou no canto esquerdo. Tudo igual.

Na reta final, Vilakazi deu uma entrada perigosa em Lucía García, dentro da área. O VAR entrou em ação e assim foi marcado pênalti. Dessa vez, Hermoso deu uma e trocou o lado para deixar a Espanha na frente do marcador. No apagar das luzes, Virginia Torrecilla deu passe em profundidade para García. A camisa 17 entrou  na área, deixou Smeda e a goleira para trás e estufou as redes.

VAVEL Logo