Vadão elogia Seleção, mas diz que o Brasil 'poderia ter sido mais eficaz'
(Foto: Reprodução/Twitter)

Após bela partida da Seleção Brasileira neste domingo (09), contra a Jamaica, o treinador Vadão elogiou o ataque e o hat-trick de Cristiane, que garantiu a vitória por 3 a 0. Em contrapartida, chamou atenção para algumas chances que foram desperdiçadas durante o jogo. 

"Eu acho que no jogo de hoje, tirando a Cristiane que fez três gols, faltou as atacantes colocarem a bola para dentro. O ataque jogou muito bem, criou alternativas pela lateral, por dentro, com bolas longas, principalmente no primeiro tempo, com Andressa Alves e Debinha em diagonal. O ataque funcionou bem, o que não funcionou bem foi a eficiência."

Com alguns lances desperdiçados no segundo tempo e boas defesas da goleira Schneider, o treinador indicou que o Brasil poderia ter saído com uma diferença maior, lembrando que o saldo de gols pode ser um diferencial na fase de grupos.

"A gente não se preocupa com goleada, a gente se preocupa em se tiver chance, fazer. Porque no último jogo vai entrar saldo de gols para brigar e se você tem a oportunidade... você nunca vai sonhar em fazer 3 a 0 e ter mais 10 oportunidades, nunca pensa que vai ser simples. Mas acabou acontecendo, e a gente poderia ter sido mais eficaz."

A Seleção retorna a campo na próxima quinta-feira (13), às 13h, diante da Austrália. Considerado um dos favoritos, o time da Oceania sofreu uma derrota contra a Itália, na partida de abertura do Grupo C. Vadão falou sobre o próximo adversário.

"A Austrália sempre foi um adversário muito desagradável com a gente,  e nós com eles. A gente tinha dito nas minhas entrevistas que a Itália tinha crescido nos últimos dois anos. Vamos ter um jogo contra a Austrália muito forte, é um estilo totalmente diferente. Temos que estudar bem, houve uma mudança de comando técnico, e vamos ter que estudar com cautela para saber a estratégia que será usada nesta partida."

VAVEL Logo