Após mais um jogo sem vencer, Cuca admite placar ruim em Floripa: "Sentimento amargo"
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Foi mais um jogo em que o São Paulo não rendeu o esperado e a vitória não veio, a sexta partida seguida sem um triunfo, além de ter feito apenas um gol nos últimos seis compromissos. Com esse pretexto aconteceu a entrevista coletiva de Cuca após o empate sem gols contra o Avaí pelo Campeonato Brasileiro, na Ressacada, na noite deste sábado (8).

Como revelou o treinador o sentimento foi amargo, de mais uma vez não conseguir a vitória, afinal o Tricolor não ganha há quase um mês.

"Você deixa de somar pontos importantes, encostar na turma de cima. Sexto jogo sem vitória, claro que é um sentimento amargo. Não era o que a gente esperava. Em alguns momentos, a gente chegou a ter 70%, 80% de posse de bola. Teve tabela, movimentação boa, mas faltou finalizar".

Cuca ressaltou que o São Paulo tem uma das melhores defesas do Brasileirão, a segunda melhor ao lado do Corinthians com apenas quatro gols sofridos, mas lamentou a ineficiência ofensiva da equipe.

"Eu trabalho (finalizações), mas vai muito da característica do jogador, de conseguir uma jogada pelo fundo. Eles marcaram bem isso, afunilamos muito por dentro. Você domina o adversário, mas não consegue criar chances claras de gol. Atrás está bem estabilizado, segunda melhor defesa do campeonato, mas não estamos tendo sucesso para fazer gol".

Este foi mais um dos diversos jogos em que o São Paulo sai vaiado de campo pela torcida, que lotou o setor visitante na Ressacada. Cuca por sua vez entendeu a manifestação dos torcedores.

"Lógico que (a torcida) não vai entender. Como vai entender um time grande ficar uma série assim sem vencer? Protesto vai existir, temos que assimilar. Isso vai acabar quando vencermos jogos. Vamos seguir o que a gente planejou... Os jogadores já aqueceram pressionados, já foram cobrados antes do jogo. É lógico que estar com o emocional em dia é importantíssimo, mas isso não é desculpa. A gente não deixou de ganhar por causa do torcedor, pelo contrário. Muitos viajaram de São Paulo, e nós não fomos capazes de dar a eles a vitória".

"É momento de ser mais unido"

O goleiro Tiago Volpi, destaque do São Paulo nos últimos duelos, reafirmou a importância do time ser mais unido e de trabalhar para encerrar a má fase do Tricolor.

"Jogo complicado, hoje no Brasileiro não tem jogo fácil. As duas boas chances que nós tivemos o Vladimir fez duas boas defesas. A gente está tentando, está trabalhando e é momento de ser mais unido como falei na semana passada, de não deixar de trabalhar e dar a volta por cima".

Quanto à parada do torneio nacional para a Copa América, Volpi destacou a pausa para melhorar os treinamentos e recuperar os atletas lesionados.

"Vai, vai ser importante para ajustar, ter uma carga boa de treinamento sem jogo e para recuperar os jogadores machucados".

VAVEL Logo