Em briga no topo da tabela, Londrina recebe Ponte Preta pela Série B
Foto: Divulgação/lAAPP

O Londrina recebe a equipe da Ponte Preta na noite desta segunda-feira (10), às 20h, no Estádio do Café, em jogo válido pela oitava rodada da Série B de 2019. As duas equipes estão no topo da tabela, mas apenas o Londrina pode se tornar líder nesta rodada em caso de vitória, já que está na terceira colocação, com 16 pontos, o mesmo número do segundo colocado, Botafogo-SP, e do primeiro, Bragantino. Já a Ponte aparece um pouco atrás, com 12 pontos, na quinta colocação, e uma vitória seguida por derrota ou empate do Sport pode colocar a equipe no G-4.

Tubarão com mudanças

O técnico do Londrina, Alemão, deu indícios de que pode fazer um grande número de alterações na equipe para o jogo. Tudo por conta do desgaste físico dos atletas, já que a equipe teve pouco tempo de recuperação desde a última rodada, contra o Cuiabá, na última sexta-feira.

"
É a parte física que preocupa. Os caras não aguentam dois jogos seguidos no mesmo ritmo. Vamos precisar de muita velocidade, muita força ofensiva para ganhar o jogo. Vamos vir fortes para cima da Ponte, com jogadores descansados, pra ganharmos o jogo", disse.

Arthur Calé, Dagoberto, Carlos Henrique, Uelber, Luidy, Paulinho Moccelin e Diego brigam pelas vagas no meio campo e no ataque.

"No setor defensivo é mais fácil, você posiciona e marca. No ataque você precisa de mobilidade. Se você estiver cansado, você não tem mobilidade, vai errar passe e chute, não vai dar o melhor passe para o gol. Precisamos de jogadores descansados, e provavelmente é isso que vou fazer", indicou.

Com isso, o Londrina deve jogar com: Matheus Albino, Raí, Augusto, Marcondes, Felipe; Matheus Bertotto, Rômulo, Arthur Caculé; Paulinho Moccelin, Diego e Alisson Safira.

Edson deve ser a única mudança na escalação da Ponte

Mesmo com o curto período de descanso entre um jogo e outro, o torcedor da Macaca pode ficar feliz, já que a equipe não tem desfalques para a partida de logo mais e ainda deve contar com o retorno de Edson, que estava suspenso. Provavelmente o volante deve entrar no lugar de Dadá, fazendo com que a equipe volte à formação 4-4-2, com três volantes.

"
O Londrina vai jogar em casa, tem uma equipe extremamente forte. Eles vão ter de agredir a gente. Vamos ter a volta do Edson, vamos decidir como entraremos em campo. Quem jogou sexta praticamente vai se apresentar para jogar. É uma partida extremamente importante. Estamos no bolo, ninguém se desgarrou totalmente", disse o técnico Jorginho.

A Ponte deve jogar com: Ygor Vinhas, Arnaldo, Renan Fonseca, Airton e Abner; Edson, Camilo, Gerson Magrão e Matheus Vargas; Marquinhos e Roger.

VAVEL Logo