Hemerson Maria comemora crescente do Figueirense na Série B, mas mantém cautela
Foto: Divulgação/Figueirense FC

Completando 98 anos de história, o Figueirense fez bonito e trouxe um presente para os torcedores nesta terça-feira (12) em noite de jogo válido pela oitava rodada da Série B do Brasileirão. O Furacão venceu o Botafogo-SP por 2 a 1 em casa, no Orlando Scarpelli, e ficou mais próximo do G-4. Em entrevista coletiva, o  técnico Hemerson Maria mostrou-se satisfeito com a melhora da equipe nos últimos jogos.

"Tivemos doze finalizações contra uma do Botafogo. Bola na trave, defesa no goleiro, velocidade, transição, foi um jogo, principalmente o primeiro tempo, com um ritmo forte, e seria natural uma queda no segundo tempo. Salientar e reforçar que hoje nós enfrentamos a quarta equipe que está dentro do G-6. A equipe já vinha em uma crescente. Nós ainda estamos em processo de formação, Alemão, o zagueiro, está ganhando uma sequência de jogos agora, Patrick que fez dois jogos em sequência, melhoramos o posicionamento do Rafael Marques. Agora é ter a cabeça fria para analisar, precisamos melhorar bastante, porque é uma competição muito equilibrada e como nós estamos festejando a vitória hoje, poderíamos estar aqui com um empate ou até mesmo uma derrota. O Denis fez uma grande defesa em uma bola do Rafael Costa quando o jogo tava empatado".

A participação efetiva da torcida do Figueira nos jogos em casa deixou o comandante animado, e falou sobre a importância desta presença. "Eu fico contente com a evolução da nossa equipe, principalmente com o entendimento do nosso torcedor, com o comparecimento, aumentando número de torcedores e sendo nosso grande craque nessa campanha da série B 2019. É uma Série B muito equilibrada".

Com a parada para a Copa América, o Furacão permanece na oitava colocação, com 13 pontos. "É um planejamento bem consciente, onde nós vamos aproveitar o tempo da melhor maneira para chegar logo na primeira rodada do retorno pós Copa América, iniciar bem para manter essa crescente e continuar até o final da competição.  Não tem motivo para descansar. Falei para os atletas que essa folga é um bônus, senão o campeonato ele estaria rodando. Vão descansar os mais 'velhos' do time. Já definimos uma lista e os demais vão ficar aqui trabalhando, principalmente os jogadores que chegaram recentemente e os meninos mais jovens que nós temos do sub-23, dentro do nosso elenco".

Na volta do campeonato, o Figueirense visita o América-MG, no Independência, no sábado (13), em julho.

VAVEL Logo