Em busca da liderança, Palmeiras recebe lanterna Avaí pelo Brasileirão
Foto: Divulgação/Site Oficial SEP

 

O Palmeiras recebe a equipe do Avaí nesta quinta-feira (13), às 20h, no Allianz Parque, em jogo válido pela nona rodada da Série A, a última antes da parada para a Copa América Brasil 2019. Após a vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Corinthians na noite da última quarta-feira (12), o Verdão acabou perdendo a liderança temporariamente, mas até mesmo um empate garante a volta à primeira colocação. Do outro lado, o Leão da Ilha busca uma vitória para sair da última posição do campeonato e se colocar novamente na luta para sair do Z4.

Felipão faz mistério e fecha o último treino antes da partida
 

Para muitos uma partida entre o líder e o lanterna não deveria ser tratado com muito mistério. Mas não é como pensa Felipão. Ele fechou o último treino da equipe na Academia de Futebol e deixou imprensa e torcedores com dúvidas quanto à escalação.

O comandante do Verdão não poderá contar com Mayke, que se recupera de dores, e Felipe Melo, Zé Rafael e Deyverson, que estão pendurados e não devem jogar, já que um cartão amarelo a mais faria com que ficassem de fora da próxima rodada, no clássico contra o São Paulo, após a Copa América.

Quem também pode ser dúvida é Bruno Henrique, já que o meia não estava em campo nos momentos em que a imprensa teve acesso, mas, segundo o clube, o jogador passava por exame antidoping surpresa neste momento.


Com alterações na escalação, Avaí tenta tirar proveito do favoritismo alviverde

É fato que o Avaí é considerado azarão para a partida desta quinta-feira, já que figura na última colocação e enfrenta uma equipe invicta no campeonato e que pode recuperar a liderança. Para o técnico do Leão da Ilha, Geninho, uma combinação das últimas atuações de sua equipe com o fator zebra pode ajudar.

"Em termos de entrar para jogar, se fosse um apostador jogaria todas as fichas no Palmeiras. A partir do momento que isso acontece, tira do adversário a responsabilidade. Por isso espero que meu time entre mais leve no jogo. Temos obrigação de vencer, claro que temos, de trazer ponto também. Teremos uma interrupção e será muito ruim vir de resultado negativo. A necessidade do Avaí é grande. Queremos pontuar e uma vitória seria sensacional. Sabemos da dificuldade de conseguir vencer lá, mas não é utopia. Já vimos coisas aconteceram no futebol brasileiro", disse.

Assim como todas as equipes, esta é a última partida num intervalo de um mês, já que o Brasileirão só volta após a Copa América, no dia 14 de julho.

"Temos tentar terminar da maneira possível esta fase, mesmo reconhecendo a dificuldade. É um jogo que se joga com e sem responsabilidade. Tem a responsabilidade de ter buscar o resultado, de no mínimo pontuar, mas uma derrota não seria contra um time qualquer. Mas no momento uma derrota traz prejuízo e devemos evitá-la", comentou.

E não foi só Felipão que fez mistério: Geninho também fechou o treino e não deixou evidências sobre a escalação definitiva. Fato é que não poderá contar com Luan Pereira e Brenner, ambos suspensos.

"Fizemos treino resguardado para não passar informações ao adversário, que também não temos informações. Gostei do treino, com duas formações, as duas trabalharam bem. Tenho praticamente definido a forma de iniciar o jogo. Só peço desculpas, é o trabalho de vocês (jornalistas), mas deixo aberto a especulação. Deveremos ter mudanças em relação ao último jogo. Vamos deixar para quando chegar em São Paulo", enfatizou.

 

VAVEL Logo