Sampaoli exalta vontade da equipe ao vencer o clássico: "Manteve a intensidade"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

o Chile na Copa América?No clássico alvinegro disputado na Vila Belmiro na última quarta-feira (12), o Santos venceu o Corinthians por 1 a 0, com o autor do gol sendo Eduardo Sasha. O jogo válido pela 9ª rodada do Brasileirão foi marcado pela pressão santista, que finalizou 19 vezes, contra apenas duas do rival.

Em coletiva concedida após o fim da partida, Sampaoli elogiou o atacante autor do gol, comentando também sobre a intensidade da equipe como um todo.

Acredito que a equipe manteve a intensidade para se impor e organizar em campo a todo o momento. Entre 19 e 21 chutes, contra poucos do rival. Temos que ver o entusiasmo do grupo e como eles desfrutam disso (do futebol), quando eles desfrutam disso, podemos jogar com intensidade. Sobre Sasha, não tinha muito lugar, mas com os treinos ele chamou muito a minha atenção para ter um atacante que se move muito e gera espaços, e agora é um jogador importantíssimo”.

Nós precisávamos de um nove como o Uribe, mas precisamos de uma forma diferente de jogar. Sasha nos da isso. Sasha tem sido decisivo e Uribe pouco jogou no Flamengo. Esse tempo mostrará o porquê de ele vir pra cá”, comentou Sampaoli, falando sobre a situação de Uribe e de Sasha.

Na próxima sexta-feira (14) se inicia a Copa América. E com ela acontece uma parada no Campeonato Brasileiro, onde os clubes darão um tempo de folga aos seus jogadores. Sampaoli deu sua opinião sobre isso.

Folga é necessária, os jogadores tem o direito de descansar para voltar a focar. E vamos voltar para três semanas de treino em dois turnos, para podermos voltar bem.

O Santos é o atual líder da competição, com 20 pontos, mas pode ser passado pelo Palmeiras nesta quinta (13). Sampaoli falou sobre isso e exaltou o nível de competitividade do campeonato.

“Acredito que a expectativa para o jogo é grande amanhã, o Palmeiras é muito forte. Mas eu jamais pensei que fosse ser líder em um torneio no Brasil, onde é um torneio muito forte.

E o Chile na Copa América?

Sampaoli falou também sobre a Seleção Chilena, que defende o título de campeã da Copa América e busca o tricampeonato.

Acredito que o grupo de jogadores que tem o Chile o faz muito forte para enfrentar esse torneio. Vai ser uma copa américa muito difícil e competitiva. Nos últimos tempos o chile mostrou sua força e que consegue competir. Não faz muito tempo que vim pra cá e me sinto muito acolhido e sinto o carinho da cidade. Sobre a la u, é um clube que tenho muito carinho e que levo em meu coração.

Despedida de Rodrygo

Rodrygo, principal joia santista, se despediu dos torcedores no intervalo da partida. O atacante que está de saída para o Real Madrid foi muito elogiado pelo técnico.

Rodrygo vai para o um dos melhores times do mundo e é muito jovem. No Real ele vai compartilhar vestiário com os melhores do mundo e vai aprender muito. Vai ser muito difícil para ele no início, mas tem condições de dar esse salto na carreira, como jogador.

Acredito que na Espanha se joga muito coletivamente. No Brasil, jogadores como ele jogam muito individualmente. É o que temos trabalhado muito. Quando passar, quando driblar, tudo no tempo certo”, completou Sampaoli.

Após a parada para a Copa América, o Santos enfrentará o Bahia, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Fonte Nova, mas ainda sem data e horário marcado.

VAVEL Logo