Com VAR e discussões, Chapecoense fica no empate diante do Fluminense
Foto: Lucas Merçon / Fluminense 

Em partida repleta de reclamações, Chapecoense e Fluminense empataram por 1 a 1 na Arena Condá, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, a última antes da pausa para a Copa América

Os donos da casa começaram a partida ditando o jogo, logo aos três minutos iniciais o artilheiro Everaldo balançou as redes para o Verdão após cruzamento de Camilo. O centroavante surpreendeu o goleiro Agenor e deixou a Chape na frente. 

Na jogada seguinte o goleiro do Fluminense aparece para impedir Everaldo de ampliar, após passe de Gustavo Campanharo, o camisa 77 ficou de cara com o gol, mas Agenor saiu bem para salvar o time visitante aos nove minutos. 

O Verdão chegou mais vezes à área adversária, mas não conseguiu finalizar. Aos 21, o Fluminense começou a responder e, em tabelinha com Ganso, o garoto João Pedro quase deixou tudo igual no placar. Posteriormente, os visitantes tiveram outra boa chance, mas não finalizaram. 

Mas não demorou muito para o garoto João Pedro balançar as redes, antes da primeira etapa terminar, ele recebeu na cara do gol e mandou a bola na saída de Tiepo, mas o árbitro apontou o impedimento e o lance foi confirmado pelo VAR (árbitro de vídeo).

VAR entra em ação

No segundo tempo, quem começou tomando conta do jogo foram os visitantes, que estavam em melhor ritmo. Aos 10 minutos, o VAR é acionado para verificar toque de mão na área, após confirmação o pênalti foi dado ao Fluminense e revertido por Ganso: 1 a 1. 

Após o gol de empate, Everaldo e Ganso chegaram a se estranhar em campo e ambos foram amarelados, o meia Camilo também recebeu o cartão como advertência após empurrar o camisa 10 do Fluminense. Quando a bola voltou a rolar, a Chape teve boa chance, mas Everaldo não finalizou bem.

Buscando reverter o placar, a Chapecoense avançou novamente, mas não conseguia atingir o alvo. Quase no final do jogo o time ainda teve uma excelente oportunidade, quando Camilo cobrou a falta e Everaldo tentou duas vezes, mas Agenor salvou o Fluminense. 

Aos 44, Allan recebeu o segundo amarelo por reclamação e foi expulso da partida. Foram dados oito minutos de acréscimos em detrimento do tempo gasto com a análise do VAR e de confusões em campo. Sem mudanças no placar, o jogo encerrou-se com 1 a 1.

As equipes só entram em campo novamente no próximo mês, após a Copa América, quando a Chape enfrenta o Atlético Mineiro no dia 14, e o Fluminense duela contra o Ceará na mesma data. 

VAVEL Logo