Autor de dois gols, Philippe Coutinho é o principal destaque na estreia do Brasil
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Seleção Brasileira estreou com vitória na Copa América. Na noite desta sexta-feira (14), o time comandado por Tite bateu a Bolívia por 3 a 0 no estádio Morumbi, em São Paulo, e não decepcionou a torcida que compareceu ao palco da partida.

Comandando a vitória do Brasil, Philippe Coutinho marcou os dois primeiros gols do jogo e foi eleito o melhor jogador em campo. Antes do encerramento da partida, Everton fez o terceiro, fechou a conta e deu números finais ao confronto.

Tite abriu mão do esquema 4-1-4-1 e optou pelo 4-2-1-3 para começar o jogo diante da Bolívia. Assim, Coutinho ficou com a responsabilidade de ditar o ritmo das ações ofensivas do Brasil na partida. Entretanto, assim como toda a equipe, o meia não fez um bom primeiro tempo.

Diante da dificuldade de furar o bloqueio defensivo armado pela Seleção Boliviana, o setor ofensivo do Brasil não conseguiu produzir jogadas efetivas. Assim, Coutinho teve uma atuação apagada na etapa inicial. Quando a seleção assustou, o camisa 11 teve participação, como nas cobranças de escanteios que geraram as conclusões de Firmino e Thiago Silva.

E teve vaias

Mesmo com amplo domínio sobre o adversário, a Seleção Brasileira ouviu vaias da torcida no apito final da primeira etapa. Para chegar ao gol, faltava mais intensidade e, consequentemente, participação ativa do articulador de jogadas nas ações ofensivas para que houvesse uma quebra nas linhas de marcação impostas pela Bolívia.

Sequência de gols

Entretanto, a rede só balançou mesmo após o zagueiro Jusino desviar a bola com o braço na grande área e o VAR entrar em ação para confirmar a marcação do pênalti para o Brasil. Na cobrança, Philippe Coutinho colocou no canto direito e não deu chances de defesa ao goleiro Lampe.

Logo em seguida, a troca de posições no setor de ataque resultou no segundo gol. Centralizado, Richarlison abriu para Firmino, que recebeu no lado direito e fez um belo cruzamento. Posicionado como centroavante, Coutinho subiu e testou firme para ampliar a vantagem brasileira no placar.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Após balançar as redes, Philippe Coutinho voltou a ficar apagado em campo e o ritmo ofensivo da seleção caiu de produção. O meia foi punido com cartão amarelo pelo árbitro Néstor Pitana e só apareceu aos 31 minutos, quando cobrou escanteio para Marquinhos subir e quase marcar o terceiro do Brasil.

Assim, coube a Everton, após realizar uma bela jogada individual, fechar a conta da vitória do Brasil com um golaço. Agora, a Seleção Brasileira volta a campo na próxima terça-feira (18), às 21h30, na Arena Fonte Nova, para encarar a Venezuela pela segunda rodada da Copa América.

VAVEL Logo