Wenderson comemora reedição da parceria com Barroca no Botafogo: "Me ensinou tudo"
Foto: Divulgação / Botafogo

Depois de alguns dias de descanso, o Botafogo voltou a treinar no Nilton Santos. Na reapresentação, apenas 14 jogadores estiveram presentes. Entre eles, o jovem Wenderson, de 21 anos. Formado nas categorias de base do clube, o volante concedeu entrevista coletiva antes da primeira atividade após a paralisação para a Copa América.

Perguntado sobre o tempo até a volta do Campeonato Brasileiro, o jogador disse ver como positiva a parada e comentou sobre sua rotina durante os dias sem treinamento. Para ele, será essencial para que o grupo fique no mesmo patamar.

"Passei o tempo com a minha família e com minha namorada. Deu para descansar, sim. Vamos voltar para tentar fazer um campeonato melhor. Vai ser uma pausa boa para poder entrar no ritmo de todo mundo. Quem é mais novo demorou um pouquinho mais para entrar no ritmo de todo mundo. Mas acho que vai ser bom, sim, para conseguir jogar".

Campeão brasileiro sub-20 com Eduardo Barroca em 2016, Wenderson comemorou o fato de reeditar a parceria com o treinador na equipe profissional do Alvinegro. O atleta destacou que sente-se mais à vontade do que com Zé Ricardo, ex-técnico.

"Com o Barroca é uma relação mais tranquila porque ele me ajudou jogar nessa posição que eu estou hoje (volante). Ele me ensinou tudo. Com o Zé Ricardo foi mais fazer o que eu já sabia. Com o Barroca eu me sinto mais tranquilo. Mas a cobrança é a mesma com todo mundo e vai jogar quem estiver melhor".

Por fim, o volante analisou o duelo com o Cruzeiro, no dia 14 de julho, no Mineirão, pela 10ª rodada do Brasileirão. O Botafogo é atualmente o sétimo colocado, com 15 pontos. 

"É um jogo que a gente pode ganhar. A gente vai trabalhar alguns dias da melhor forma possível para que a gente chegue lá e saia com os três pontos".

VAVEL Logo