Tite tira peso de Coutinho por armação e revela Allan como substituto de Casemiro
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Às vésperas do confronto contra o Paraguai (às 21h30 da quinta-feira, 27) já pelas quartas da Copa América, o técnico Tite concedeu coletiva de imprensa em Porto Alegre e quebrou o segredo. O comandante brasileiro confirmou que o Fernandinho, pronto-reserva de Casemiro (suspenso), não será titular. Segundo o comandante, o volante do Manchester City 'está fora do jogo' e 'quem joga é o Allan'.

"Fernandinho está fora do jogo. Quem joga é o Allan. Se nós vencermos, se nós nos classificarmos, possivelmente ele vai estar pronto para o jogo. Fernandinho ia jogar em suas condições normais e naturais. Não estava nas suas condições, inclusive contra a República Tcheca jogou Allan e Arthur."

Allan fará seu primeiro jogo como titular nesta Copa América (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)
Allan fará seu primeiro jogo como titular nesta Copa América (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

Tite não estava a fim de guardar o time titular e também revelou quem formará o trio de ataque com Gabriel Jesus, Everton e Firmino. Logo em seguida, o treinador comentou sobre o duelo diante dos paraguaios.

"Jogo decisivo, margem de acerto tem que ser alta. Características mentais têm que estar fortes, porque são jogos decisivos. Nível de concentração altíssimo. Preparar para diferentes situações. Evolução da equipe, saber absorver. Tem uma série de componentes."

Tendo em vista o jogo contra um adversário que, na teoria, atuará mais na defesa, Tite respondeu à pergunta sobre a capacidade do time se o gol não sair cedo.

"Maturidade. São 90 minutos para acabar o jogo, 95. Tem que saber que esse é o tempo. Colômbia venceu o Catar com gol no fim. Mas são 95 minutos. Se fizer o gol cedo, tem que reagir da mesma forma."

Complementando, o trinador falou sobre a torcida de Porto Alegre.

"Eu aprendi algumas coisas. O público da Copa América, do Mundial, é muito diferente. É meio disperso. É um cara que compra por internet. Fica muito diluído, dividido. De repente eu olhei e tinha torcida do Peru do meu lado. Eu gostaria de ter o carinho que tive quando eu treinei o Grêmio. Repassado isso aos atletas. Ficaria muito orgulhoso."

Não é só Coutinho quem arma

Quando perguntado sobre a função de Philippe Coutinho, Tite tirou um pouco a responsabilidade do meia do Barcelona e distribuiu a função de armação para outros jogadores.

"Quando vocês comentaram sobre o Coutinho, e colocaram que ele tem que armar, eu falei que é uma equipe que tem que armar. Só ele? Tem mais. Vamos dividir um pouco as tarefas. Fizemos uma atuação muito boa, com criação sendo diluída para uma série de jogadores. Ele é mais quieto, se é introvertido, mas quando a bola rola, é outra linguagem. Não é de falar, é do gestual. Outro dia o Firmino estava aqui, e é da mesma forma. David Neres, o Cebolinha... mas dentro de campo, é outra forma."

Funções individuais

"Não só sob o meu comando, mas o comando de qualquer profissional. O que tento trazer. Imagina um atleta executando uma posição, uma função. Num momento de pressão do jogo, aí você muda a função do atleta. Aí você pega o atleta para fazer na Seleção o que ele não faz no clube. Isso não é o Tite que está falando, é empresarial... Troca um comentarista por um repórter, e troca uma equipe para não ver o que muda. O que o técnico precisa fazer: as funções que eles exercem no jogo."

Variações táticas

"Eu não tenho essa clarividência toda. Vou continuar não tendo. Não é meu perfil. Acredito que podem ter jogadores que entram em uma posição com características diferente e aí eles emprestam essas características. Não é seis por meia dúzia. Às vezes entram em uma mesma posição, mas emprestam características diferentes. Pode ser na mesma posição, com características diferentes."

VAVEL Logo