Em busca de saídas para a crise financeira, Alexandre Campello viaja à Europa
Foto: Paulo Fernandes/Vasco

Em busca de saídas para a crise financeira, Alexandre Campello viaja à Europa

Com previsão de retorno para segunda-feira (08), o dirigente deve desembarcar com novidades para as finanças do clube

italo-bruno
Ítalo Bruno

Que o Vasco vive uma enorme crise financeira, não é novidade. E é em busca de soluções para esse problema e para um reforma em São Januário, que o presidente Alexandre Campello está na Europa. O mandatário negocia com um fundo de investimento para o estádio e um possível patrocinador. A previsão é de retorno ao Brasil no início da próxima semana.

A reforma do estádio Cruz-Maltino teve projeto apresentado no final do ano passado. Estima-se que após esse processo, o clube teria cerca de R$ 6 milhões mensais de receita. O que daria uma folga no orçamento e preencheria o lugar das antecipações de receitas televisivas.

Atrás deste investimento, Campello viajou à Europa. Outro fundo também faz parte dos planos, esse para a redução da dívida num prazo menor, o déficit de R$ 540 milhões cairia para cerca de R$ 290 milhões. Uma redução de aproximadamente 45%. Porém, esse fundo de investimento ainda não entrou em pauta no Conselho Deliberativo do clube.

O plano é utilizar os recebimentos das cotas televisivas como garantia para ir ao mercado e conseguir uma quantia que traga a possibilidade de buscar os atuais credores do Vasco, hoje seriam cerca de 600 e assim negociar as dívidas. Resumindo: Fazer a tentativa de um pagamento à vista e através disso obter um desconto. A expectativa é de uma redução de R$ 250 milhões do passivo vascaíno.

A diretoria mantém a expectativa de uma definição até agosto de ambos os fundos. Um patrocinador para ajudar nas contas é algo mantido em sigilo, mas a viagem de Campello também servirá para dar andamento a essa situação.

VAVEL Logo